Siga nossas redes

Negócios

O que o HSBC ganha ao comprar o SVB do Reino Unido por 1 libra?

Detalhes mais sutis do que o banco britânico conseguiu por uma libra esterlina começam a surgir.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 4 minutos

HSBC no Reino Unido
Sede do HSBC no Reino Unido. Crédito: Jason Alden/Bloomberg

O HSBC comprou a unidade do Silicon Valley Bank no Reino Unido durante um agitado fim de semana de março. Os detalhes mais sutis do que o banco britânico conseguiu exatamente por uma libra esterlina (US$ 1,25) começam a surgir.

Uma análise dos registros corporativos do Reino Unido dá uma ideia dos clientes do SVB UK, com a Wise, provedora de pagamentos internacionais, Made.com, varejista on-line de acessórios para casa cuja marca foi comprada no ano passado pela Next — depois de ficar sob controle de um administrador — e a 10x, fintech fundada pelo ex-CEO do Barclays Antony Jenkins, entre os nomes mais conhecidos. A fabricante de fornos de pizza Ooni é outro cliente.

HSBC no Reino Unido
Sede do HSBC no Reino Unido. Crédito: Jason Alden/Bloomberg

No total, a Bloomberg identificou cerca de 1.300 empresas registradas no Reino Unido que têm ou tiveram cobranças vinculadas ao SVB e compilou dados financeiros importantes para cerca de 400 dessas empresas que apresentaram contas que podem ser pesquisadas eletronicamente ou tiveram a maioria das cobranças do SVB.

No geral, essas empresas empregavam 19 mil pessoas e tinham mais de 4,8 bilhões de libras em receitas e um total de 2,5 bilhões de libras em empréstimos de curto prazo a terceiros e financiamento com bancos, de acordo com os registros disponíveis mais recentes na agência Companies House.

Outros clientes proeminentes incluem as filiais britânicas de empresas americanas de tecnologia que provavelmente fizeram transações bancárias com o antigo controlador nos EUA. Por exemplo, a Cambium Networks é a subsidiária britânica da Cambium Networks, sediada em Illinois, enquanto a Nintex UK é a filial no Reino Unido da plataforma de automação comercial em Bellevue, Washington.

Os registros – embora não forneçam um quadro completo da base de clientes e da carteira de empréstimos adquirida – oferecem a visão mais detalhada até agora sobre os negócios da unidade britânica do Silicon Valley Bank, cujos dados anteriores à aquisição revelavam relativamente pouco sobre suas operações.

Oportunidade ‘boa demais’ para recusar

O HSBC observou em seu anúncio sobre o acordo que o SVB UK teve lucro antes dos impostos de 88 milhões de libras em 2022, empréstimos de 5,5 bilhões de libras e depósitos de cerca de 6,7 bilhões de libras em 10 de março.

Poucos outros detalhes sobre a unidade foram divulgados, mesmo com o HSBC repetidamente elogiando o acordo. Em reunião de acionistas em Hong Kong nesta semana, o presidente do conselho do HSBC, Mark Tucker, disse a investidores irritados com a pressa do acordo que era “uma oportunidade boa demais” para recusar.

O setor de tecnologia “tem sido uma prioridade estratégica para o HSBC UK por muitos anos e a experiência do SVB UK é altamente valorizada no setor e por seus clientes”, disse Stuart Tait, diretor de banco comercial do HSBC UK, em comunicado. O SVB UK “continuará a operar como uma entidade separada e com a mesma abordagem aos clientes que sempre teve, mas agora com oportunidades para que eles se beneficiem da presença global do HSBC”.

Rápido crescimento do SVB UK

O SVB UK teve rápido crescimento nos últimos anos, de acordo com o número de registros de cobranças na Companies House. Depois de entrar no mercado do Reino Unido em 2004, o negócio levou vários anos para ganhar força. A análise mostra que o número de cobranças registradas pelo SVB no país passou de 200 por volta de 2016, mas, nos últimos anos, os negócios mais que dobraram e superavam 400 cobranças por ano.

O HSBC certamente vai atender muitas empresas de tecnologia: companhias registradas com foco em software de computador representam, de longe, a maior parte da amostra de clientes examinada pela Bloomberg, ou cerca de 30% do total. O próximo maior segmento é o de serviços financeiros, seguido por empresas de pesquisa e desenvolvimento científico.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.