Siga nossas redes

Negócios

Preço pela Braskem deve subir com proposta de ‘due dilligence’ da Novonor

Avaliação é de analista da Guide Investimentos; ação da Braskem sobe mais de 5%.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

A Novonor, acionista controladora da Braskem (BRKM5), informou à petroquímica que encaminhou na véspera correspondência à Unipar (UNIP6), convidando-a para dar início ao processo de due dilligence, visando a apresentação de uma oferta final vinculativa pela sua participação na empresa. Para a analista Mayza Goz, da Guide Investimentos, a notícia é positiva e deve elevar o preço oferecido pela Braskem.

A ação da Braskem encerrou o pregão desta terça-feira (3) em alta de 5,35%, a R$ 28,94.

 O processo de due dilligence é, de forma geral, uma condição necessária para o comprador formalizar uma proposta de compra em termos definitivos.

Instalações da Braskem em Maceió (AL)
Instalações da Braskem em Maceió (AL) 30/01/2020 REUTERS/Amanda Perobelli

De acordo com o fato relevante da Braskem enviado na segunda-feira, após o fechamento do mercado, a Novonor ressaltou que o convite não foi estendido “em regimento de exclusividade”.

A Novonor também afirmou que até o presente momento não recebeu qualquer proposta de potenciais interessados que implique em evolução material ou vinculante nas discussões que vem mantendo junto aos bancos detentores da alienação fiduciária de sua participação indireta na Braskem.

As declarações da Novonor foram feitas após questionamento da Braskem.

No mês passado, a Unipar, uma das principais produtoras de cloro e soda na América do Sul, fez uma proposta não vinculante para a aquisição do controle da Braskem, a R$ 36,5 por ação.

Repercussão

A analista Mayza Goz, da Guide Investimentos, avaliou em relatório que a notícia é positiva para a Braskem e que a disputa pela petroquímica deve elevar o preço oferecido pela empresa.

Na mesma linha, a Genial Investimentos apontou que trata-se de um evento positivo, mostrando que o processo de aquisição não foi abandonado.

Venda da Braskem

A Novonor, antiga Odebrecht, uma das principais acionistas da Braskem junto da Petrobras (PETR4 e PETR3). Há muito a empresa busca vender o controle acionário da petroquímica como parte de uma reestruturação mais ampla.

Além da Unipar, há também interesse pela empresa do gestor de ativos norte-americano Apollo e da Abu Dhabi National Oil Company (Adnoc).

(*Com informações da Reuters.)

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.