Siga nossas redes

Análise

Morning Call: Ações e moedas emergentes sobem após depoimento de Powell

Os principais fatos que podem impactar os mercados e uma breve análise do nosso índice Bovespa

Publicado

em

por

Ângela S. Tosatto

Cenário Global e de Bolsa de Valores

Mercado Asiático

O mercado acionário da China subiu nesta quarta-feira uma vez que a inflação ao produtor mais fraca do que o esperado em dezembro abriu espaço para mais afrouxamento monetário no país.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com alta de 1,0%, enquanto o índice de Xangai teve ganho de 0,84%.

Mercado Europeu

As ações europeias subiam nesta quarta-feira, acompanhando os ganhos registrados na véspera em Wall Street, depois que Jerome Powell, soou menos “hawkish” (duro na conduta da política monetária) do que o esperado em uma audiência no Congresso dos Estados Unidos.

Nessa quarta-feira as ações europeias amanheceram positivas, o FTSE em Londres com alta de 0,75%, o DAX na Alemanha com alta de 0,42%, a IBEX de Madri opera em alta de 0,22% e a CAC de Paris opera em alta de 0,53%.

Mercado Norte Americano

Os índices de ações dos Estados Unidos ganharam terreno nesta terça-feira, com o Nasdaq liderando o avanço, conforme investidores pareceram aliviados pela leitura de que o depoimento do chair do Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano), Jerome Powell, ao Congresso não trouxe grandes surpresas.
Em audiência no Senado que sinalizou sua provável confirmação em um segundo mandato como chefe do Fed, Powell disse que o banco central está determinado a garantir que a inflação alta não se torne “arraigada”.
Mas ele acrescentou que, em vez de diminuir o crescimento do emprego, um aperto da política monetária é necessário para manter a expansão econômica.

Futuros: Dow Jones (+0,06%), S&P 500 (+0,07%); Petróleo: Brent (+0,31%), WTI (+0,52%); Ouro (-0,06%).

Cenário no Brasil

A inflação ao consumidor no Brasil encerrou 2021 acima de 10%, quase o dobro do teto da meta e no nível mais elevado em seis anos, sob forte influência dos preços dos combustíveis no ano passado e mantendo a pressão sobre o Banco Central. Com uma disseminação alta da inflação em dezembro e pressão de serviços no último mês do ano passado, a expectativa é de que os preços continuem elevados durante boa parte deste ano ainda.

A Petrobras informou que aumentará os preços do diesel nas refinarias em 8% a partir dessa quarta-feira (12), enquanto a gasolina vendida às distribuidoras terá aumento médio de 4,85%, de acordo com nota publicada pela companhia ontem (11).

Ibovespa

O Ibovespa fechou em alta de 1,8% na terça-feira (11), aos 103.778 pontos. O volume financeiro do pregão foi de R$27 bi. O IBOV fechou em forte alta, impulsionado por papéis de commodities como Vale e Petrobras e por sessão positiva em Wall Street após declaração do presidente do Fed, Jerome Powell.
O IBOV segue em tendência de baixa no longo prazo ao cruzar a média móvel de 200 períodos de cima para baixo e formar topos e fundos descendentes. No gráfico semanal, o IBOV está se mantendo acima de uma região importante de suporte, a Média Móvel Exponencial de 200 períodos (MME200), mas para para demonstrar um viés altista nesta semana, O IBOV deveria fechar acima da Média Móvel Exponencial de 9 períodos (MME9). Como suporte imediato temos a região de 100.100 pontos (MME200) e como resistência imediata a região dos 105.200 pontos (MME9). Qualquer movimento positivo neste momento será considerado um pullback (correção), dentro de uma tendência predominante de baixa. Ainda não há confirmações de reversão de tendência para o IBOV no curto prazo.

Indicadores econômicos e eventos
EUA
IPC-núcleo (Mensal) (Dez) – 10:30H
Estoques de Petróleo Bruto – 12:30H

Ganhe dinheiro com as variações cambiais enquanto seu patrimônio fica protegido. Invista em Dólar!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!