Siga nossas redes

Análise

Morning Call: bolsas globais em ‘modo’ defensivo na espera de balanços e covid

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Destaques:

  • Hoje, antes da divulgação do balanço de grandes bancos americanos, os índices futuros iniciaram o dia próximos da estabilidade em Nova York; há instantes, o índice Dow Jones futuro caía 0,02%, S&P 500 (-0,15%), Nasdaq (-0,10%);
  • Na Europa, as bolsas entraram em “modo” defensivo, após o agravamento de casos da covid na Alemanha, Holanda, Itália e França; há instantes, Frankfurt (-0,25%), Londres (-0,20%), Paris (-0,33%), Madri (+0,05%), Milão (+0,20%) e Lisboa (-0,34%);
  • Mais cedo, as bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa, após NY interromper cinco pregões consecutivos de alta; apesar do FMI divulgar ontem, que a China é a única grande economia que terá expansão (+1,9%) em 2020, Xangai caiu 0,56%, Seul (-0,94%); Nikkei (+0,11%) e Hong Kong (+0,07%).

Cenário global e bolsa brasileira ontem:

  • Os três principais índices em Wall Street oscilaram muito ontem e fecharam em queda, por conta da notícia de que a Johnson & Johnson (-2,32%) interrompeu os testes de sua vacina contra o coronavírus, por causar efeito colateral em um dos testados;
  • No lançamento do novo iPhone com 5G, a Apple devolveu parte dos lucros criados com as expectativas e caiu 2,69%; e para completar, a falta de novidades no impasse entre a Casa Branca e os democratas sobre um novo pacote fiscal, contribuíram para o dia negativo das bolsas americanas;
  • Já no Brasil, houve espaço para recuperar as altas do dia 12 em NY, que foi feriado aqui. O Ibovespa fechou em alta de 1,05%, aos 98.502,82 pontos, com giro financeiro de R$ 25,3 bilhões;

Análise Gráfica – IBOV:

  • No gráfico diário do Índice Bovespa, ontem o IBOV deu mais um passo na tentativa de reversão da tendência de baixa, ao deixar ainda mais para trás o fundo formado no dia 29 de setembro aos 93.400 pontos e conseguir romper o nível dos 98.300. Para consolidar ainda mais este movimento de recuperação, o índice conseguiu fechar pelo terceiro pregão consecutivo acima das médias móveis de curto e longo prazo (21 e 200 períodos);
  • Suporte: 93.400 (mínima de 29 de setembro)
  • Resistência: 98.300
Indicadores
Brasil:
Fluxo cambial semanal
Indicador de inflação por faixa de renda (Ipea)
Pesquisa mensal de serviços – PMS (IBGE)
EUA:
Inflação (IPP)
Estoques de petróleo e derivados (API)
Balanços de Wells Fargo, Bank of America, Goldman Sachs (antes da abertura); Alcoa e United Airlines (após o fechamento)
Zona do Euro: Produção Industrial
Ásia:
China: Taxa de Desemprego / Inflação (IPC) / Produção Industrial / Vendas no Varejo
Japão: Produção Industrial

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

O Home Broker dos sonhos é grátis! Conheça agora!

Anúncio Patrocinado Invista em empresas estrageiras como Amazon, Disney, Google e muito mais! Invista em empresas estrageiras como Amazon, Disney, Google e muito mais!

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.