Siga nossas redes

Análise

Morning Call: Declaração do FED anima o mercado

Os principais fatos que podem impactar os mercados e uma breve análise do nosso índice Bovespa.

Hugo Carone Especialista de Research da Nuinvest

Cenário Global e de Bolsa de Valores

Apesar do fechamento mais otimista das bolsas americanas na quarta feira, o mercado asiático tem uma quinta feira mista e fraca para as bolsas que conseguiram fechar em alta. Parece pairar sobre os investidores, dúvidas se a economia Chinesa vai mostrar mais forças, mesmo depois do anúncio do Banco Central prometendo apoio para garantir uma liquidez ampla. Com isso o Hang Seng em Hong Kong caiu -0,36%, o Nikkei em Tóquio (feriado) e SSEC em Xangai teve uma alta de +0,68%.

Na contramão do mercado Asiático, a Europa aproveita o animo vindo dos Estados Unidos e inicia esta quinta feira com uma boa valorização. Lembrando que por lá os mercados começaram o dia próximos de suas máximas e atualmente operam perto das mínimas, apesar de ser ainda terreno positivo. Por volta das 8:30 o CAC em Paris operava em alta de +1,87%, DAX em Frankfurt +1,63% e o FTSE em Londres +1,15%.

Nessa manhã o VIX começa com uma leve alta de +2,79% após três dias consecutivos de queda. Lembrando que essa é uma medida de estresse do mercado, logo a realização neste caso mostra um mercado mais tranquilo. Por outro lado o petróleo continua em alta e sem mostrar sinais de que possa voltar a operar abaixo dos 100 dólares para o tipo Brent. Sendo assim mantendo a preocupação de uma inflação em níveis elevados. Ontem em seu discurso, Powell descartou a necessidade de um aumento de 0,75 nas próximas reuniões do FED, o que trouxe animo aos mercados, mas a nenhum momento ele afirmou que a inflação estaria controlada. Por enquanto o SP500 futuro opera em queda de -0,60%.

Cenário no Brasil e Ibovespa

Por aqui tivemos a decisão do COPOM após o fechamento do mercado e sem grandes novidades o aumento de 1 ponto percentual estava em linha com as expectativas do mercado. Daqui para frente o que o mercado quer saber é se na visão do COPOM será ainda necessário aumento no mesmo ritmo ou se já paramos por aí. Hoje temos alguns resultados importantes a serem divulgados, como os da Ambev, Gerdau, Bradesco, Carrefour e Lojas Renner, lembrando que isso sempre pode trazer volatilidade para as ações.

Chegamos a uma das faixas de suporte que era indicada, região inferior do alargamento, e logo de cara o mercado mostrou muita força compradora chegando a encerrar o dia já na primeira resistência. Apesar da barreira ainda teria espaço para tentar buscar a próxima resistência, mas se não firmar na alta, essa formação poderia nas semanas desenrolar em uma realização ainda maior do que foi visto em abril. Para o curto prazo seria importante superar a linha em azul que seria a referência da média de 200, no intraday de 60 minutos.

Indicadores econômicos e eventos

00:00 – OPEP – Reunião
07:30 – EUR – Pronunciamento de Lane do BCE
08:00 – BRA – CAGED
09:30 – EUA – Pedidos iniciais por seguro desemprego
00:00 – BRA – Resultados – ABEV3, GGBR4, BBDC4, CRFB3 e LREN3

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.