Siga nossas redes

Análise

Morning Call: mais dados do mercado de trabalho dos EUA no radar hoje

Dados são destaque após ata do Fed.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 3 minutos

A quarta-feira (4) foi marcada pela divulgação da ata da última reunião do Fed que acabou ajudando os mercados norte-americanos a subirem e fecharem o dia com altas de 0,75% no S&P 500, 0,40% no Dow Jones e 0,69% no Nasdaq. E hoje os mercados acompanham mais dados do mercado de trabalho dos EUA a serem divulgados.

Na Ásia, o bom-humor que influenciou os mercados ontem também afetou os índices que fecharam positivos. O Nikkei avançou 0,40%, o Taiex teve alta de 0,72% e o Kospi subiu 0,47% enquanto os destaques foram os índices de Hang Seng e Shanghai que subiram 1,25% e 1,01% respectivamente com a divulgação do Índice de Gerentes de Compras, o PMI, referente ao setor de serviços que subiu dos 46,7 pontos em novembro para 48 em dezembro.

Na Europa, os índices registravam desempenho misto no começo desta quinta feira (5) mesmo com a divulgação do Índice de Preços ao Produtor da zona do Euro com a queda de 0,9% em novembro em linha com as expectativas e desacelerando a alta acumulada em 12 meses de 30,5% para 27,1%. Entre as quedas, o índice DAX tinha recuo de 0,09%, o CAC registrava baixa de 0,01% e o Euro Stoxx caía 0,15% enquanto entre os índices com ganhos estavam o FTSE com alta de 0,44% e o IBEX subindo 0,43%.

Mesmo com ata hawkish, mercados nos EUA buscam fôlego para ganhos

Após um dia de ganhos ontem (4) mesmo com a divulgação da ata da última reunião do Fed, os pré-mercados dos EUA lutam para conseguir manter os ganhos. Após uma abertura e começo de pregão em queda, os contratos futuros dos principais índices buscam se manter positivos com a alta de 0,18% do Nasdaq, ganhos de 0,05% do S&P 500 enquanto o Dow Jones registrava leve perda de 0,02%.

Entre os indicadores do dia, os números de empregos privados criados em dezembro devem se destacar. De acordo com as projeções de mercado, o resultado de 150 mil vagas criadas deve superar o resultado de 127 mil vagas registradas em novembro pela temporada de fim de ano, gerando mais empregos temporários.

Também com grande importância no dia está o total de pedidos de seguro-desemprego nos EUA que podem se manter em 225 mil na semana, de acordo com projeções dos investidores. E mais tarde acontecem discursos de autoridades do Fed assim como a divulgação do PMI de serviços de dezembro do país.

Ibovespa tem seu primeiro dia de alta no ano

Na quarta-feira (4) o Ibovespa conseguiu fechar o dia com alta de 1,23% aos 105.351,77 pontos após o senador Jean Paul Prates (PT-RN) afirmar que não haverá intervenção nos preços dos combustíveis. Com isso, as ações da Petrobras, que começaram 2023 no vermelho, viraram e fecharam em alta, mesmo o dia sendo marcado pela queda dos preços do petróleo no exterior, com o contrato Brent caindo mais de 5%.

E o indicador brasileiro de destaque hoje (5) é a Produção Industrial que caiu 0,1% em novembro depois do avanço de 0,3% registrado em outubro. Em nota, André Macedo, gerente de pesquisa, explica que nos últimos seis meses, foram quatro resultados negativos, do total de cinco que tivemos até agora para 2022. Isso mostra o setor girando em torno de um mesmo patamar, mas com um viés negativo, já que a média móvel trimestral está em queda pelo quarto mês seguido e mostra uma trajetória descente muito clara.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.