Siga nossas redes

Analistas em Ação

‘2022 é o ano da renda fixa’, diz analista

Eduardo Perez, da NuInvest, explica os impactos das eleições, inflação e juros altos no país, além da marcação a mercado, nesta classe de ativos.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 3 minutos

Em um ano que promete ser desafiador para os investidores, com eleições a caminho no país, inflação elevada e expectativas de taxa de juros na casa dos dois dígitos, Eduardo Perez, analista da NuInvest, explica que, neste cenário, existem boas oportunidades e que este é o ano da renda fixa. Ele alerta, no entanto, sobre riscos do que essa conjuntura pode significar para o país.

“Infelizmente, eu vou falar que sim, 2022 é o ano da renda fixa. Eu digo que é infelizmente, pois, pensando na parte econômica do Brasil, juros altos significam riscos altos. Estamos voltando a ter juros e inflação em dois dígitos. Para quem pensa em renda fixa, para os novos investimentos pode ser interessante pensando em retorno, mas o país cresce menos quando a gente tem juros em patamares muito elevados”, alerta Perez.

Segundo o analista, as boas oportunidades na renda fixa vão continuar aparecendo até que o país volte a ter um ciclo de queda na taxa de juros, mas o ideal, de acordo com Perez, seria o Brasil ter inflação mais controlada e até uma taxa de retorno através da taxa Selic um pouco mais baixa.

“Acredito que, no médio prazo, devemos superar essa barreira da pandemia que estamos enfrentando e poder seguir para um novo rumo”, destaca Perez.

Cenário de risco

O analista explica que, hoje, no Brasil, existem riscos maiores para os investidores e, por isso, eles acabam pedindo taxas de retornos maiores. “Essa taxa de retorno é inversamente proporcional ao preço de um ativo”, diz Perez.

Eduardo Perez afirma ainda que, em um cenário de mais risco, as ações tendem a cair, pois o preço justo delas, que o mercado atribui, cai também, e a renda fixa pode apresentar rentabilidade negativa pela marcação a mercado para quem já tem o investimento.

No Analistas em ação deste domingo (23), o analista da NuInvest fala ainda sobre qual investimento em renda fixa considera boa oportunidade para este ano, explica sobre o impacto da marcação a mercado nesta classe de ativos, além de alertar quais devem ser os pontos de atenção que o investidor deve ter em 2022.

Veja também

Investir em Ações é ainda mais fácil com taxa de corretagem ZERO! Aproveite agora

Anúncio Patrocinado Super Week Temporada de balanços Super Week Temporada de balanços
ANÚNCIO PATROCINADO      Conheça a carteira recomenda de dividendos

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Carteira Top 10