Siga nossas redes

Cafeína

Como diversificar na renda fixa com debêntures?

O Cafeína de hoje mostra como funciona o investimento em debêntures, os tipos existentes, além dos prós e contras da modalidade.

Publicado

em

Quando o assunto é rentabilidade, os investidores saem literalmente à caça em busca de uma maior alavancagem da sua carteira de investimento. Alguns gostam de ir além e acessar produtos mais sofisticados, apesar de alguns oferecerem mais riscos. E este é o caso das debêntures.

Porém, fica a pergunta: em qual contexto ou situação vale a pena o investimento em debêntures? E afinal, no que consiste o investimento em debêntures?

O que são debêntures?

As debêntures lembram os títulos públicos negociados pelo Tesouro Direto. Só que em vez de financiar o governo, quem compra as debêntures está emprestando o seu dinheiro para uma empresa. Então são títulos de crédito emitidos por empresas em busca de dinheiro.

Em vez de a empresa se endividar emprestando dinheiro de bancos, ela emite estes títulos em bolsa. Isso porque essa é uma forma mais flexível e barata de captar recursos. A companhia vai pagar juros menores em troca desse empréstimo. Só que neste caso, quem compra debêntures não se torna sócio dessa companhia como acontece quando se investe em ações. E a empresa, neste caso, não vende parte do seu capital quando emite debêntures.

No Cafeína de hoje, Samy Dana e Dony De Nuccio explicam como funciona o investimento em debêntures, quais os tipos e para quais objetivos as debêntures são indicadas. Além dos prós e contras da modalidade enquadrada na categoria de renda fixa.

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

Investimento com rentabilidade acima da média em Renda Fixa? Invista em Debêntures. invista já.

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!