Siga nossas redes

Duratex – DXCO3

DEXCO ON NM
6,58
Reais (BRL - R$)
-1,64% Variação (Dia)
6,54 Mínimo (Dia)
6,68 Máximo (Dia)
Fechamento Anterior: 6,69
Abertura: 6,65

A Duratex (DXCO3) é uma empresa líder no setor de materiais de construção no Brasil, atuando na produção e comercialização de uma variedade de produtos, que vão desde painéis de madeira até louças e metais sanitários. Com mais de 70 anos de história, a Duratex construiu uma reputação sólida no mercado, apoiada por seus compromissos contínuos com qualidade, sustentabilidade e inovação. A empresa opera 16 unidades industriais no Brasil, além de 3 unidades no exterior, e possui capacidade para produzir 4 milhões de metros cúbicos de painéis de madeira, 18 milhões de peças de louças sanitárias e 8 milhões de unidades de metais sanitários por ano.

História da Duratex (DXCO3)

A Duratex (DXCO3) é uma das maiores empresas brasileiras de produção e comercialização de painéis de madeira, louças e metais sanitários. Sua história se estende por mais de 70 anos, com início na década de 1950 e continuando até o presente.

Na década de 1950, a empresa começou com o empreendedorismo dos empresários Eudoro Villela e Nivaldo Coimbra de Ulhoa Cintra, que reconheceram a oportunidade de fabricar chapas de fibra de madeira no Brasil. A Duratex foi fundada oficialmente em 1951, em São Paulo, com o apoio de Alfredo Egydio de Souza Aranha, e iniciou a operação de sua primeira fábrica em Jundiaí em 1954.

A empresa expandiu a produção e as vendas na década de 1960, focando na qualidade de seus produtos e na confiabilidade da marca. Em 1961-1965, a Duratex ampliou sua fábrica em Jundiaí e construiu um terminal de estação ferroviária para receber visitantes. Durante esse período, também se diversificou na produção de rações.

Os anos 70 foram marcados pela diversificação dos negócios, com a Deca se tornando parte da empresa, ampliando seu portfólio de produtos. Na mesma década, a Duratex expandiu suas operações para incluir uma nova fábrica de Painéis em Botucatu (SP), consolidando a posição do Brasil como um dos maiores fabricantes de chapas de fibra de madeira do mundo.

Na década de 1980, a empresa investiu fortemente em tecnologia e centralizou suas operações. A Duratex assumiu o controle das unidades de madeira aglomerada do grupo Peixoto de Castro e continuou a expandir sua produção de louças e metais sanitários.

Na década de 1990, a Duratex investiu em um Sistema de Gestão Ambiental e obteve várias certificações de qualidade no Brasil e no exterior. Além disso, expandiu sua presença no mercado externo, com 57% de suas exportações de chapas de fibra de madeira indo para os Estados Unidos por meio de sua subsidiária Duratex North America.

Na década de 2000, a empresa fez investimentos significativos em seus negócios e melhorou a governança corporativa. Isso resultou em sua inclusão no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) e no Novo Mercado da BM&FBovespa. Durante este período, a empresa também aumentou seu capital, fez investimentos significativos em modernização e tecnologia, e expandiu ainda mais sua presença no mercado internacional.

Quem são os acionistas da Duratex (DXCO3)

A Duratex (DXCO3) é uma companhia de capital aberto com ações negociadas na B3 no segmento Novo Mercado de governança corporativa, com um free float de 36,93% e com 100% de tag along. A companhia possui os seguintes acionistas majoritários:

  • Ana Lúcia de Mattos Barretto Villela, com 0,73% das ações ordinárias da empresa;
  • Salo Davi Seibel, com 8,39% das ações ordinárias da empresa;
  • Ricardo Villela Marino, com 0,70% das ações ordinárias da empresa;
  • Andrea Laserna Seibel, com 1,17% das ações ordinárias da empresa;
  • Itaúsa S.A., com 37,28% das ações ordinárias da empresa;
  • FIP Ligna, com 0,64% das ações ordinárias da empresa;
  • FIA Jequitibá, com 10,20% das ações ordinárias da empresa;

A Duratex (DXCO3) paga dividendos?

Sim, a Duratex (DXCO3) realizou distribuições desde 2010, interrompendo apenas no ano de 2016. O maior valor distribuído foi em 2021 (R$ 1,71) e o menor em 2017 (R$ 0,09).

Dados atualizados em junho de 2023.