Siga nossas redes

Economia

Decreto aumenta IOF para bancar gastos com Bolsa Família

Governo espera arrecadar R$ 2,14 bilhões com cobrança adicional; alíquota não foi revelada.

Publicado

em

10/03/2021/ REUTERS/Ueslei Marcelino

O presidente Jair Bolsonaro decidiu aumentar, por decreto, a alíquota de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) sobre operações de crédito para empresas e pessoas físicas entre 20 de setembro a 31 de dezembro de 2021. Não há informações sobre as novas alíquotas.

Mais: Tudo sobre o imposto que vai aumentar e o que fica mais caro

A arrecadação adicional gerada pela cobrança é estimada em R$ 2,14 bilhões e servirá para bancar a ampliação do Bolsa Família, programa social rebatizado como Auxílio Brasil.

O decreto assinado pelo presidente entra em vigor imediatamente, segundo nota da Secretaria-Geral da Presidência da República.

“A referida medida irá gerar um aumento de arrecadação estimado em R$ 2,14 bilhões. Esse valor permitirá a ampliação do valor destinado ao programa social Auxílio Brasil, cujo novo valor entrará em vigor ainda no ano de 2021. A medida irá beneficiar diretamente cerca de 17 milhões de famílias e é destinada a mitigar parte dos efeitos econômicos danosos causados pela pandemia”, informa o comunicado. 

  • Bolsonaro na ONU: defende ‘tratamento precoce’ e critica medidas contra covid-19

Invista de um jeito simples, sem economês. Aproveite a plataforma mais simples do mercado. Vem pro Nu invest!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.