Siga nossas redes

Economia

Ibovespa recua com cautela às vésperas de decisão do Fed e Copom; Gol desaba

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 4 minutos

Por Patricia Vilas Boas

SÃO PAULO (Reuters) – O Ibovespa recuava nesta terça-feira, com o mercado adotando uma postura cautelosa às vésperas das decisões de política monetária no Brasil e nos Estados Unidos, em dia também marcado por recuo nos preços das commodities e nova queda nas ações da Gol.

Às 11h12, o Ibovespa caía 0,56%, a 127.782,54 pontos. O volume financeiro somava 2,6 bilhões de reais.

Para o analista da Terra Investimentos, Luis Novaes, as expectativas para um corte de juros pelo Federal Reserve já em março permanecem elevadas, mas essa visão não tem se mostrado consensual entre dirigentes da autarquia e economistas, sinalizando um cenário incerto à frente.

“O mercado espera uma sinalização mais clara sobre a trajetória dos juros no Hemisfério Norte antes de retornar aos mercados emergentes e a comunicação após a decisão deve ser importante para que a visão do mercado se torne mais clara.”

É esperado que o Fed deixe as taxas de juros inalteradas ao anunciar decisão de política monetária na quarta-feira.

Na visão de Jonas Carvalho, presidente-executivo da Hike Capital, o índice no vermelho reflete mais uma “espera em relação à decisão do Fed, e consequentemente do Brasil” do que necessariamente alguma posição.

Os futuros acionários em Wall Street apontavam uma abertura negativa, enquanto o rendimento dos Treasuries de 10 anos caía 3,60 pontos-base, a 4,0547%, após o Departamento do Tesouro dos EUA reduzir as estimativas para os empréstimos que deve tomar no primeiro trimestre de 2024.

No Brasil, o mercado aguarda o fim da reunião de dois dias do Comitê de Política Monetária (Copom), com ampla expectativa de que o Banco Central decida por um novo corte da Selic em 0,5 ponto percentual.

Os recuos nos preços das commodities no dia, como o petróleo e o minério de ferro, também puxavam os papéis de empresas de grande peso no Ibovespa, como Vale e Petrobras, adicionando pressão sobre o desempenho do índice.

DESTAQUES

– GOL PN afundava 22,90%, a 3,03 reais, dando sequência à trajetória de forte declínio da véspera, quando caiu mais de 33%, após pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos. Na mínima intradia até então, o papel chegou a cair 35,88, a 2,52 reais cada. A B3 informou na noite de segunda-feira que vai retirar a Gol de seus índices após o encerramento do pregão regular desta terça-feira. Os papéis preferenciais da companhia aérea permanecerão sendo negociados na B3, mas passam a ser listados sob o título de “outras condições”. No setor, AZUL PN avançava 0,14%, a 13,86 reais.

– PETROBRAS PN caía 0,44%, a 40,39 reais e PETROBRAS ON recuava 0,05%, a 42,34 reais, em linha com a queda nos preços do petróleo no mercado internacional, com o Brent desvalorizando-se 0,76%, a 81,77 dólares. 3R PETROLEUM ON recuava 0,78%, a 27,89 reais, de pano de fundo, a petrolífera divulgou na noite da véspera precificação de oferta de títulos externos no valor de 500 milhões de dólares, com os recursos destinados para refinanciamento da atual dívida da subsidiária 3R Lux, contraída para aquisição do Polo Potiguar.

– VALE ON caía 0,94%, a 68,52 reais, seguindo o recuo do preço do minério de ferro na Ásia, conforme as preocupações com o endividamento do setor imobiliário na China, principal mercado consumidor do minério, contrariavam o otimismo com os recentes esforços do país para conter o agravamento da crise e reforçar a confiança do mercado. O contrato de maio, mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian (DCE) , encerrou as negociações diurnas com queda de 1,76%, a 979,5 iuans (136,46 dólares) por tonelada, o menor valor desde 24 de janeiro. CSN MINERAÇÃO desvalorizava-se 0,88%, a 6,77 reais.

– SABESP ON avançava 0,55%, a 78,02 reais. A companhia de saneamento básico anunciou no final da segunda-feira que seu conselho de administração aprovou emissão de 2,5 bilhões de reais em debêntures e que a operação poderá atingir 3 bilhões se mais papéis forem ofertados.

– ITAÚ UNIBANCO PN recuava 0,12%, a 32,60 reais, enquanto BRADESCO PN valorizava-se 0,20%, a 15,41 reais e BANCO DO BRASIL ON perdia 0,50%, a 56,24 reais.

– SUZANO ON avançava 0,93%, a 51,27 reais. A companhia finlandesa Valmet anunciou que vai entregar uma linha completa de papel tissue para a Suzano, incluindo equipamentos de conversão e uma caldeira de biomassa. O valor da encomenda não foi informado, mas a Valmet afirmou que o valor de um pedido como esse normalmente gira em torno de 100 milhões de euros.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.