Siga nossas redes

Economia

Petróleo cai 1% com temores sobre taxa de juros nos EUA

Por outro lado, cortes de produção solicitados pela Opep+ têm limitado a queda.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Campo de extração de petróleo em Midland, Texas 22/08/2018 REUTERS/Nick Oxford

Os preços do petróleo caíram 1% nesta segunda-feira (10) com a crescente probabilidade de mais aumentos nas taxas de juros dos Estados Unidos, mas os cortes na oferta de petróleo dos principais exportadores da commodity, Arábia Saudita e Rússia, limitaram as perdas.

O petróleo Brent caiu US$ 0,78, ou 1%, a US$ 77,69 o barril, depois de atingir seu nível mais alto em mais de dois meses no início da sessão.

O petróleo dos EUA (WTI) caiu US$ 0,87, ou 1,2%, para US$ 72,99.

“Os operadores estão muito nervosos com as taxas de juros mais altas, que podem matar a demanda muito rapidamente”, disse Dennis Kissler, vice-presidente sênior de negociação da BOK Financial, acrescentando que alguns investidores também estavam realizando lucros após os ganhos da semana passada.

Ambos os contratos de referência subiram mais de 4,5% na semana passada, depois que a Arábia Saudita e a Rússia anunciaram novos cortes na produção, levando as reduções totais do grupo Opep+ para cerca de 5 milhões de barris por dia (bpd), ou cerca de 5% da demanda global de petróleo.

A presidente do Federal Reserve de São Francisco, Mary Daly, repetiu nesta segunda-feira acreditar que provavelmente serão necessários mais dois aumentos de juros neste ano para reduzir a inflação, que ainda está muito alta, enquanto a presidente do Fed de Cleveland, Loretta Mester, também sinalizou mais aumentos de juros.

Taxas de juros mais altas podem desacelerar o crescimento econômico e reduzir a demanda por petróleo.

  • Confira ações da Petrobras (PETR4)

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.