Siga nossas redes

Economia

S&P rebaixa rating da Rússia para CCC-, na categoria ‘junk’

Agência apontou que restrições do Ocidente à Rússia aumentam riscos de calote.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

banco central da rússia
Pedestres caminham em frente ao banco central da Rússia, em Moscou 11/02/2019 REUTERS/Maxim Shemetov

A S&P rebaixou os ratings da Rússia de emissor de longo prazo e de dívida soberana, em moeda local e estrangeira, de BB+ e BBB-, respectivamente, para CCC-, entrando assim portanto na categoria “junk”. A agência manteve a perspectiva de implicações negativas, as quais foram estabelecidas no último dia 25, o que significa que novas baixas podem ser informadas nas próximas semanas.

Em relatório, a S&P detalha que mudança nos ratings segue a imposição de medidas restritivas por países do Ocidente, em resposta à invasão da Ucrânia, que devem aumentar “substancialmente” o risco de default (calote).

A estimativa da agência é que as sanções internacionais reduziram a disponibilidade da Rússia reservas cambiais em até metade, incluindo moeda estrangeira depósitos e títulos domiciliados nos EUA, União Europeia e Japão.

“Isto enfraqueceu substancialmente a liquidez externa da Rússia durante um período de demanda de moeda estrangeira”, destaca a S&P, que menciona os impactos de acesso do sistema bancário russo aos sistemas, mercados e infraestruturas financeiras globais.

A Fitch e a Moody’s também anunciaram rebaixamento da Rússia nas últimas 24 horas: de BBB para B e de BAA3 para B3, respectivamente.

Ganhe dinheiro com as variações cambiais enquanto seu patrimônio fica protegido. Invista em Dólar!

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Carteira de Dividendos Julho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu