Siga nossas redes

Finanças

Ações da Alphabet disparam após expansão do Bard para Europa e Brasil

Lançamento de chatbot aliviou preocupações com questões regulatórias no exterior.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Logo do Google 17/11/2021 REUTERS/Andrew Kelly

As ações da Alphabet, dona do Google (GOGLE34), avançavam mais de 4% nesta quinta-feira (13), após anunciar que está lançando seu chatbot de inteligência artificial Bard na Europa e no Brasil, aliviando preocupações com questões regulatórias no exterior.

Logo do Google 17/11/2021 REUTERS/Andrew Kelly

Por volta de 14h15 (de Brasília), os papéis eram negociados a US$ 124,20, em alta de 4,43%, a caminho de seu maior ganho percentual em um dia desde o início de fevereiro, quando anunciou o produto. As ações também atingiram seu ponto mais alto desde meados de junho durante a sessão, chegando a US$ 124,83.

Lançamento do chatbot de IA

O lançamento da Bard na União Europeia estava sendo represado até agora pelos reguladores locais de privacidade, mas o Google disse que se reuniu com autoridades para tranquilizá-las sobre questões relacionadas à transparência, escolha e controle.

Danni Hewson, chefe de análise financeira da empresa de investimentos AJ Bell, atribuiu o rali desta quinta-feira ao lançamento do serviço na Europa e no Brasil e à expansão da Bard para novos idiomas.

“Houve algumas preocupações sobre dados, sobre privacidade. Claramente, eles conseguiram tranquilizar os reguladores europeus sobre essas questões, o que apenas abre caminho para mais vantagens”, disse Hewson.

Art Hogan, estrategista-chefe de mercado da B Riley Wealth, também atribuiu o rali desta quinta-feira ao lançamento da Bard na Europa e no Brasil, que, segundo ele, “marca a expansão mais significativa do produto desde o lançamento em fevereiro e o coloca contra a Microsoft”.

As ações da Alphabet, que tiveram um grande impulso com o entusiasmo dos investidores em relação à inteligência artificial generativa desde fevereiro, subiram cerca de 41% até agora este ano. As ações da Microsoft, apoiadora do rival ChatGPT, valorizaram-se 42%.

Também nesta quinta-feira, a TD Cowen elevou seu preço-alvo para as ações da Alphabet de 130 para US$ 140, citando expectativas de um melhor crescimento em seu negócio de busca.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.