Siga nossas redes

Finanças

China reduz imposto sobre negociação com ações para revigorar mercado

País asiático reduziu pela metade o imposto sobre negociações após um importante índice acionário cair para o menor nível em nove meses.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

A China reduziu pela metade um imposto sobre as negociações de ações a partir desta segunda-feira (28), na mais recente tentativa de impulsionar o mercado, à medida que a recuperação titubeia na segunda maior economia do mundo.

O Ministério das Finanças disse em um breve comunicado no domingo que cortará o imposto de 0,1% sobre as negociações de ações “para revigorar o mercado de capitais e aumentar a confiança dos investidores”.

A Reuters informou na sexta-feira que as autoridades planejavam reduzir a taxa em até metade depois que um importante índice de ações caiu para o menor nível em nove meses.

“Essa política provavelmente dará um impulso ao mercado no curto prazo, mas não terá muito efeito no longo prazo”, disse Xie Chen, gestor de fundos da Shanghai Jianwen Investment Management Co, antes do anúncio. “A recuperação pode durar apenas dois ou três dias, ou até menos.”

Bolsa de Xangai, China 03/02/2020 REUTERS/Aly Song

Junto da medida do Ministério das Finanças, a Comissão Reguladora de Valores Mobiliários da China (CSRC) implementará medidas para reforçar a confiança do mercado no investimento em empresas listadas em bolsa.

Os líderes da China prometeram no final do mês passado revigorar o mercado de ações – o segundo maior do mundo – que tem cambaleado à medida que a recuperação pós-pandemia piora e a crise da dívida no mercado imobiliário se aprofunda.

Pequim tomou uma série de medidas, incluindo um corte menor do que o esperado em um importante índice de referência para empréstimos na semana passada. Mas os investidores exigem uma resposta política mais forte, incluindo expressivos gastos governamentais.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.