Siga nossas redes

Finanças

Bolsa fecha em 113 mil pontos e dólar termina a semana a R$ 4,39

Vale foi um dos destaques do dia, com queda de quase 4% após prejuízo bilionário.

Publicado

em

O dólar alcançou um novo patamar recorde nesta sexta-feira (21), após bater a marca de R$ 4,40 pela primeira vez. Na máxima do dia, a moeda norte-americana chegou a R$ 4,4023. O dólar comercial fechou com leve variação positiva de 0,03%, cotado a R$ 4,3932, após divulgação dos Índices Gerentes de Compras (PMI) dos Estados Unidos revelarem enfraquecimento da economia americana.

Segundo Paulo Guedes, ministro da Economia, o dólar estaria na faixa conhecida como “novo normal”, que considera o valor da moeda no intervalo de R$ 3,80 a R$ 4,42. A alta é persistente, impulsionada pelo medo dos mercados globais com o coronavírus, o desinvestimento na economia brasileira e redução das expectativas de crescimento, além da falta de aprovação das reformas.

O Ibovespa acompanhou o cenário adverso, com quedas ao longo do dia, mesmo com empresas apresentando resultados positivos nos seus balanços. Perto do fechamento, o índice apresentou queda de 0,91% aos 113.588 pontos.

Destaques da Bolsa

As três ações mais negociadas do dia foram a Vale (VALE3), a Petrobras (PETR4) e a Via Varejo (VVAR3). A mineradora ficou entre as maiores baixas do dia, com seus papéis cotados ao redor de R$ 50 e queda de quase 4%. A empresa apresentou prejuízo de US$ 1,7 bilhão após um ano da tragédia de Brumadinho, perdendo sua posição como líder de produção de minério de ferro nacional para a sua concorrente Rio Tinto. A Vale teve sua produção reduzida em 21,5% em 2019.

Na tarde da véspera do feriado, as maiores altas foram representadas pelos setores de varejo, papel e celulose e tecnologia. As Lojas Americanas (LAME4) mantiveram sua posição de liderança, com as ações negociadas a R$ 28,89 (+7,64%), minutos antes do fechamento.

O resultado reflete o lucro de R$ 398 milhões da empresa no balanço do quatro trimestre de 2019. Ainda no varejo, a B2W Digital (BTOW3) subiu mais de 3% com os papéis cotados acima de R$ 73. Já a Via Varejo, negociou as ações a R$ 16,50 (+3,4%). No setor de tecnologia as ações da WEG (WEGE3) subiram perto de 5% e as da Klabin, mais de 4%.

Véspera do carnaval

Com o feriado chegando, os investidores reforçaram sua posição defensiva para evitar surpresas. Os mercados domésticos devem retornar apenas na Quarta-Feira de Cinzas, às 13h, enquanto o mercado internacional opera com as incertezas do coronavírus.

Houve também ruídos políticos no cenário brasileiro. Entre estes: a redução da atividade econômica, queda dos juros e inflação baixa sinalizaram cautela frente a possíveis desequilíbrios nas contas públicas. Segundo avaliações de analistas políticos o andamento das reformas tributária e administrativa em 2020 estaria comprometido, com poucas chances de aprovação.

Turbine sua rentabilidade em renda fixa com Debêntures: invista pela Easynvest.

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.