Siga nossas redes

Finanças

Ibovespa fecha em leve queda, à espera de dados de inflação; dólar sobe

O mercado também opera na expectativa pela ata do último encontro do Copom.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 4 minutos

O Ibovespa, principal indicador da bolsa, fechou em leve queda nesta segunda-feira (7), enquanto o dólar terminou o dia em alta sobre o real, com investidores à espera de dados de inflação a serem divulgados na China, nos Estados Unidos e no Brasil ao longo da semana. O mercado também opera na expectativa pela ata do último encontro do Comitê de Política Monetária (Copom) na terça-feira (8).

O Ibovespa caiu 0,11%, aos 119.380 pontos. O dólar subiu 0,41%, a R$ 4,8946.

De olho na inflação e nos juros

A semana será marcada pela divulgação de dados inflação com potencial para conduzir os mercados globais.

Na quarta-feira, serão divulgados os números de inflação de julho da China, enquanto na quinta-feira sai o índice de preços ao consumidor dos EUA.

“Os números de inflação desta quinta-feira serão observados de perto pelo Fed. Os mercados estão esperando que o número mensal do núcleo seja consistente com a recente tendência desinflacionária, em níveis compatíveis com uma inflação anual de 2% ou 3%”

Eduardo Moutinho, analista de mercado da Ebury.

“A decepção nesta frente poderia criar volatilidade significativa, dado o estado técnico frágil que o mercado de títulos dos EUA parece estar”, acrescentou Moutinho.

Na próxima sexta-feira será a vez de o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informar o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de julho.

Sede do Banco Central em Brasília (Foto: Divulgação/BC)
Sede do Banco Central em Brasília (Foto: Divulgação/BC)

Além dos dados de inflação, os investidores no Brasil estarão atentos à divulgação da ata do último encontro do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, nesta terça-feira. O documento trará detalhes sobre o corte de 0,5 ponto percentual da taxa básica Selic, para 13,25% ao ano, promovido pelo BC na semana passada.

“Após uma decisão dividida sobre a magnitude do corte da Selic na semana passada, a ata deverá informar com mais detalhes como foi essa discussão, e quais foram os argumentos que levaram à essa decisão”, disse em relatório a equipe da Guide Investimentos.

Bolsas mundiais

Wall Street

Wall Street fechou em alta nesta segunda-feira e recuperou parte do território perdido durante a semana passada, conforme investidores se posicionavam antes do aguardado relatório de inflação dos Estados Unidos.

O Dow Jones subiu 1,16%, para 35.473,13 pontos. O S&P 500 ganhou 0,90%, a 4.518,44 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,61%, para 13.994,40 pontos.

Europa

Os mercados acionários da Europa fecharam perto da estabilidade nesta segunda-feira, com os investidores aguardando números de inflação ao redor do mundo, enquanto o setor de produtos militares subiu para níveis recordes em meio à crescente incerteza geopolítica.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,09%, a 459,68 pontos, antes das leituras de inflação da Alemanha, China e Estados Unidos nesta semana, o que provavelmente aumentará as expectativas sobre quanto tempo as taxas de juros podem permanecer altas.

  • Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,13%, a 7.554,49 pontos.
  • Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,01%, a 15.950,76 pontos.
  • Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,06%, a 7.319,76 pontos.
  • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,14%, a 28.547,61 pontos.
  • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,10%, a 9.358,60 pontos.
  • Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,27%, a 6.040,21 pontos.

Ásia e Oceania

As ações da China e de Hong Kong começaram a semana em baixa, já que a ausência de medidas de estímulo vigorosas de Pequim gerou preocupações de que as pressões deflacionárias continuarão a minar o vigor da economia.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,19%, a 32.254 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,01%, a 19.537 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,59%, a 3.268 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,76%, a 3.990 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,85%, a 2.580 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,90%, a 16.996 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,53%, a 3.309 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,22%, a 7.309 pontos.

(*com informações da Reuters)

Veja também

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.