Siga nossas redes

Finanças

E se você tivesse investido no IPO destas empresas? Veja simulações

De uma amostra de 11 empresas bem conhecidas, há exemplos bem sucedidos. Outros, nem tanto.

Publicado

em

Ações
Crédito: Shutterstock

O que o passado ensina sobre comprar ações de uma empresa em sua estreia na Bolsa? O retorno dos papéis de grandes companhias listadas no Brasil e no exterior desde seu IPO (do inglês, Oferta Inicial de Ações) conta diferentes histórias, segundo dados da provedora de informações financeiras Economatica.

De uma amostra de 11 empresas bem conhecidas, há exemplos bem sucedidos. Outros, nem tanto. Quem investiu R$ 50 no papel da varejista Magazine Luiza (MGLU3) quando ela abriu capital, em maio de 2011, teria acumulado hoje R$ 1.529. Uma das queridinhas da Bolsa, a companhia ostenta um retorno médio de 48,83% por ano.

LEIA MAIS: Ofertas de ações estão com tudo. Vale a pena entrar nessa?

Já quem investiu os mesmos R$ 50 em papéis da aérea Gol (GOLL4), em outubro de 2004 teria R$ 72, quase 16 anos depois. É menos que a correção pela inflação do período, que daria R$ 116. A variação média da ação da companhia, por ano, foi de apenas 2,40%. 


Como as datas dos IPOs são diferentes, não se pode considerar apenas a variação final, quando se compara uma ação com outra. Uma das formas de avaliar a performance de uma ação desde seu nascimento é o retorno médio anual (veja na amostra abaixo). 

Na lista abaixo, o InvestNews e a Economatica levaram em conta o preço da ação no primeiro dia de negociação em bolsa, sem considerar a inflação do período (retorno real), nem a distribuição de dividendos (parte do lucro pago aos acionistas). Para as ações estrangeiras, os valores estão em dólar.

Veja quanto renderam as ações destas empresas desde a abertura de capital  até o fechamento do dia 3 de fevereiro. A ordem do ranking considera o maior retorno anual de cada papel:

Magazine Luiza (MGLU3)

  • Rentabilidade: + 2.959%
  • IPO: maio de 2011
  • Patrimônio para aporte de R$ 50: R$ 1.529
  • Retorno médio anual: 48,83%

Netflix (NFLX

  • Rentabilidade: + 29.822%
  • IPO: maio de 2002
  • Patrimônio para aporte de US$ 50: US$ 14.961
  • Retorno médio anual: 38,07

Localiza (RENT3)

  • Rentabilidade: + 6.603%
  • IPO: maio de 2005
  • Patrimônio para aporte de R$ 50: R$ 3.351
  • Retorno médio anual: 33,85%

Facebook (FBOK): 

  • Rentabilidade: + 414%
  • IPO: maio de 2012
  • Patrimônio para aporte de US$ 50: US$ 257
  • Retorno médio anual: 32,68%

Apple (AAPL)

  • Rentabilidade: + 31.061%
  • IPO: outubro de 1980
  • Patrimônio para aporte de US$ 50: US$ 15.580
  • Retorno médio anual: 26,95%

Embraer (EMBR3)**

  • Rentabilidade: 24.042%
  • IPO: janeiro de 2000
  • Patrimônio para aporte de R$ 50: R$ 12.071
  • Retorno médio anual: 23,53%

Alibaba (BABA)

  • Rentabilidade: 126%
  • IPO: setembro de 2014
  • Patrimônio para aporte de R$ 50: R$ 113
  • Retorno médio anual: 16,52%

BRF (BRFS3)*

  • Rentabilidade: + 2.703% 
  • IPO: janeiro de 2000
  • Patrimônio para aporte de R$ 50: R$ 1.401
  • Retorno médio anual: 16,23%

MRV (MRVE3)

  • Rentabilidade: 341%
  • IPO: setembro de 2007
  • Patrimônio para aporte de R$ 50: R$ 220
  • Retorno médio anual: 12,84%

Cielo (CIEL3)

  • Rentabilidade: 57%
  • IPO: junho de 2009
  • Patrimônio para aporte de R$ 50: R$ 78,50
  • Retorno médio anual: 4,44%

Gol (GOLL4)

  • Rentabilidade: 44%
  • IPO: outubro de 2004
  • Patrimônio para aporte de R$ 50: R$ 72
  • Retorno médio anual: 2,40%

*Considera as antigas ações da Perdigão, que passaram a ser BRF

** Considera a transição das ações PN para ON da Embraer

Fonte: Economatica

Alavanque seus ganhos e tenha rentabilidades altíssimas! Negocie Contratos de Índice pela Easynvest.

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.