Siga nossas redes

Finanças

Ibovespa fecha quase estável, de olho em balanços e Copom; dólar cai

Decisão sobre Selic será divulgada após o fechamento do pregão.

Publicado

em

O Ibovespa, principal índice da B3, fechou quase estável nesta quarta-feira (27), enquanto o dólar terminou o dia e queda. O dia é marcado pela expectativa dos mercados para a decisão de juros do Banco Central após o fechamento do pregão. Além disso, agentes financeiros também analisam balanços de empresas como Gerdau, Weg e Santander Brasil.

O Ibovespa caiu 0,05%, aos 106.363 pontos. O dólar recuou 0,3%, a R$ 5,5551.

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Bacen anuncia sua decisão a partir de 18h30 (de Brasília) desta quarta-feira. Recentemente, várias instituições financeiras importantes revisaram para cima suas estimativas para a dimensão do aperto monetário, prevendo alta de 150 pontos-base da taxa Selic.

O posicionamento no mercado de opções digitais da B3 indicava no fim da terça-feira 49% de probabilidade de aumento do juro para 7,75% ano. A segunda maior chance é para elevação de 2 pontos (23%), movimento que levaria a taxa básica de juros a 8,25%.

“É fundamental que o Banco Central mostre aos investidores que o regime de metas para a inflação continua efetivo. Neste contexto, o ideal seria um choque de juros suficientemente forte para compensar os choques que estão ocorrendo nos preços dos ativos”, disseram estrategistas da Genial Investimentos em nota, apontando essa necessidade como consequência da deterioração da credibilidade fiscal do Brasil após planos do governo de desrespeitar o teto de gastos.

Destaques da bolsa

As ações do Banco Inter (BID11), que mais cedo lideravam as altas do Ibovespa embaladas pelo balanço financeiro do terceiro trimestre, desaceleraram na tarde desta quarta-feira (27) e fecharam em alta de 0,7% Já entre as principais quedas estavam as ações da PetroRio (PRIO3). A Eztec (EZTC3), que teve uma perda de 7,64% no pregão da véspera, desta vez se destacou entre as principais altas do dia, ao registrar avanço de 4,99%. Veja mais destaques da bolsa.

Bolsas mundiais

Europa

As ações europeias caíram de máximas quase recordes nesta quarta-feira, com mineradoras liderando as perdas depois que temores sobre a China afetaram os preços dos metais, enquanto resultados corporativos mistos e a proximidade da reunião do Banco Central Europeu (BCE) deixaram investidores nervosos.

  • Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,33%, a 7.253,27 pontos.
  • Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,33%, a 15.705,81 pontos.
  • Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,19%, a 6.753,52 pontos.
  • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,61%, a 26.806,19 pontos.
  • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,33%, a 8.972,30 pontos.
  • Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,40%, a 5.691,16 pontos.

Ásia e Pacífico

As ações asiáticas caíram nesta quarta-feira, com novas preocupações regulatórias gerando a maior liquidação em sete semanas para papéis de tecnologia da China.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei ficou perto da estabilidade, aos 29.098,24 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,57%, a 25.628,74 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,98%, a 3.562,31 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,31%, a 4.898,16 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,77%, a 3.025,49 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,24%, a 17.074,55 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,42%, a 3.218,17 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,07%, a 7.448,70 pontos.

(*Com informações de Reuters)

Veja também

Invista seu dinheiro no investimento mais seguro do mercado a partir de R$ 36. Invista em Tesouro Direto!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!