Siga nossas redes

Finanças

Investidores terão acesso a mais 12 BDRs de ETFs a partir desta segunda-feira

Lista inclui investimentos de países como Reino Unido e Alemanha, além do Global Tech, que agrega o setor de tecnologia pelo mundo.

Publicado

em

BDRs de ETFs

A partir desta segunda-feira (29), qualquer investidor no Brasil terá acesso a mais 12 BDRs (recibos de ações listadas no exterior) lastreados em cotas de fundos de índices (ETFs), conforme a Instrução CVM 359/2002. A lista inclui investimentos de países como Reino Unido e Alemanha (MSCI UK e MSCI Germany) e o Global Tech, que agrega ações de tecnologia espalhadas pelo mundo.

MAIS:

Em fevereiro, a B3 liberou uma lista de 11 BDRs lastreados em ETFs que acompanham o desempenho de grandes índices globais de ações como o S&P 500 e o MSCI China.

ETFs são instrumentos que acompanham o desempenho de índices de ações, entre eles grandes indicadores globais de ações como o S&P 500 e o MSCI China.

Já os BDRs (Brazilian Depositary Receipts) são recibos de títulos e valores mobiliários que os investidores podem comprar no mercado local, por meio da B3, quando estão interessados em ativos negociadas no exterior. Assim, o BDR é uma forma de o brasileiro investir em companhias estrangeiras sem precisar necessariamente comprar a ação lá fora.

Veja abaixo a lista dos 12 BDRs que estarão disponíveis na B3:

Nome de pregãoCódigo de negociaçãoParidade (Cota: BDR)
MSCI EMGMARKBEEM391:6
MSCI UKBEWU391:3
MSCI GERMANYBEWG391:3
SILVER TRUSTBSLV391:3
SELECT DIVIDBDVY391:10
CORE SP TOTABITO391:10
US FINANCIALBIYF391:15
GLOBAL INFRABIGF391:4
GLOBAL HEALTHBIXJ391:8
GLOBAL TECHBIXN391:30
INC ESG AWARBEGE391:4
NASDAQ BIOTCBIBB391:15

BDRs para qualquer investidor

Até setembro do ano passado, os BDRs replicavam apenas ações, mas uma resolução da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) passou a permitir que, além de delas, os fundos de índices (ETFs) também possam ser negociados por aqui.

Desde 22 de outubro de 2020, qualquer investidor pessoa física passou a ter acesso a centenas de BDRs que antes eram apenas disponíveis a um seleto grupo de investidores com mais de R$ 1 milhão aplicados.

Embora os papéis sejam cotados em moeda estrangeira, os BDRs de ETFs são negociados no Brasil em moeda nacional (reais). Portanto, as variações do câmbio podem influenciar o preço dos ativos em reais e é por este motivo que a variação percentual do S&P 500 não será exatamente igual à do BDRs que copiam o índice aqui (BIVB39). 

“Para consultar as informações dos BDRs e seus respectivos lastros em português, o investidor deverá acessar a página na Internet da instituição depositária, que é a responsável pela tradução e divulgação de informações de que trata a norma da CVM”, informou a B3 por nota.


Invista nas maiores empresas do mundo sem sair de casa e sem pagar taxa de corretagem! Invista em BDR

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!