Siga nossas redes

Finanças

Westwing fará IPO para acelerar negócios

Plataforma de vendas online de produtos para casa deve usar recursos para investir em marca própria, tecnologia e logística.

Publicado

em

por

Reuters
Vista de decoração de Natal em uma loja na Grã-Bretanh. 19/11/2020. REUTERS/Molly Darlington

A plataforma de vendas online de produtos para casa e decoração Westwing pediu nesta sexta-feira (4) registro para uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), reforçando a tendência de empresas brasileiras buscarem recursos no mercado para financiar projetos de crescimento, na esteira da explosão do comércio eletrônico após a pandemia da covid-19.

Criada em 2011 como unidade de uma empresa alemã homônima, a Westwing foi comprada em 2018 pela gestora de fundos Axxo com sede no Rio de Janeiro. Atualmente, a empresa tem também um grupo de investidores pessoa física que serão vendedores na oferta secundária de ações. A oferta será coordenada por BTG Pactual, XP, JPMorgan e Citi.

Com foco em artigos de decoração, a Westwing gradualmente ampliou a prateleira de produtos, para incluir cosméticos, artigos de vestuário, eletrodomésticos, tapeçaria, iluminação, além de serviços de design de interiores e arquitetura.

De janeiro a setembro, a receita bruta de vendas da companhia (GMV) praticamente dobrou em relação a um ano antes, para R$ 270 milhões, enquanto o Ebitda cresceu quase quatro vezes, para R$ 10,36 milhões.

No prospecto da oferta, a Westwing afirma que pretende usar os recursos da venda de ações novas para acelerar seu negócio principal, investir em marca própria, em tecnologia e logística.

O anúncio reforça a onda de empresas especializadas em comércio eletrônico em busca de recursos para financiar planos de crescimento, após o isolamento social para conter a pandemia do coronavírus ter limitado severamente o comércio físico.

Em outubro, a empresa de logística especializada em comércio eletrônico Sequoia fez sua estreia na B3, semanas antes da chegada do brechó online Enjoei, que também se listou na bolsa paulista.

A plataforma digital de comércio de vinhos Wine também anunciou planos de IPO, mas depois interrompeu devido à volatilidade do mercado de ações.

Opere com as melhores ferramentas para trader e corretagem ZERO em Ações! Comece já

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!