Siga nossas redes

Geral

5 fatos para hoje: vacinação começará por agentes de saúde; Slack por US$ 27 bi

Acordo de compra do aplicativo de mensagens para trabalho, Slack Technologies, foi fechado em US$ 27,7 bi.

Publicado

em

por

InvestNews
vacina
Voluntário recebe potencial vacina contra Covid-19 durante testes REUTERS/Diego Vara

1 – Vacinação contra Covid-19 no Brasil começará por trabalhadores de saúde, idosos e indígenas

A vacinação contra Covid-19 será realizada em quatro fases e vai começar pelos trabalhadores da área de saúde, a população idosa –acima de 75 anos ou com 60 anos ou mais que vivem em asilos e instituições psiquiátricas– e a população indígena, informou o Ministério da Saúde nesta terça-feira.

LEIA MAIS: Astrazeneca, Biontech, Johsons, Moderna e Pfizer: vale a pena investir?

Em um segundo momento, entram pessoas de 60 a 74 anos. A terceira fase prevê a imunização de pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença (como portadores de doenças renais crônicas e cardiovasculares)”, afirma comunicado do Ministério, distribuído após reunião do ministro Eduardo Pazuello e outros envolvidos para discutir a estratégia de vacinação.

A quarta e última (fase) deve abranger professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade“, acrescenta o documento.

Na nota, o secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Arnaldo Medeiros, destaca que o plano apresentado nesta terça é provisório.

“É importante destacar que o plano que está sendo discutido ainda é preliminar e sua validação final vai depender da disponibilidade, licenciamento dos imunizantes e situação epidemiológica de cada região”, disse o secretário, segundo o comunicado.

2 – Salesforce vai comprar aplicativo Slack em acordo de US$ 27,7 bi

A Salesforce.com disse nesta terça-feira que está comprando o aplicativo de mensagens para trabalho Slack Technologies em um acordo de US$ 27,7 bilhões, na maior transação de software em um ano no qual a pandemia de Covid-19 obrigou milhões de pessoas em todo o mundo a trabalhar remotamente.

O acordo fortalecerá o portfólio empresarial da Salesforce, que agora espera fornecer uma plataforma unificada para que as empresas conectem seus funcionários, clientes e parceiros entre si e com os aplicativos que usam.

Para a Slack, o acordo surge no momento em que ela luta para capitalizar totalmente a mudança para o trabalho remoto durante a pandemia em face da competição feroz do Teams, da Microsoft e outros aplicativos de local de trabalho.

Os acionistas da Slack receberão US$ 26,79 em dinheiro e 0,0776 ação ordinária da Salesforce para cada ação da Slack, ou US$ 45,5 por papel, conforme o preço de fechamento desta terça-feira.

A oferta representa um prêmio de 54% desde que a primeira notícia sobre o negócios saiu na semana passada.

3 – Pressão de alimentos diminuiu e IPC-Fipe sobe 1,03% em novembro

A pressão dos preços de alimentos mostraram ligeiro alívio em novembro e o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo registrou alta de 1,03% no mês, de 1,19% em outubro.

Os dados divulgados nesta quarta-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) apontaram que o maior impacto positivo no mês foi exercido por Alimentação, cujos preços subiram 2,24%.

Ainda assim, a alta do grupo mostrou desaceleração depois de os alimentos terem subido 2,51% em outubro.

Também se destacou o aumento de 1,90% das Despesas Pessoais em novembro, de 2,52% no mês anterior.

O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos.

4 – Biden diz que não vai cancelar Fase 1 de acordo comercial com a China imediatamente

Joe Biden não irá cancelar imediatamente a Fase 1 do acordo que o presidente Donald Trump fechou com a China nem adotar medidas para remover tarifas sobre as exportações chinesas, disse o presidente eleito dos EUA segundo o New York Times desta quarta-feira.

Em entrevista ao colunista do Times Thomas Friedman que deu pistas sobre como o novo governo vai proceder sobre a política externa, Biden disse que sua maior prioridade é conseguir um pacote de estímulo generoso no Congresso, mesmo antes de assumir.

“Não vou adotar nenhuma medida imediata, e o mesmo se aplica às tarifas. Não vou prejudicar minhas opções”, disse Biden a Friedman.

Biden disse que vai buscar políticas que tenham como alvo “as práticas abusivas da China”, como “roubo de propriedade intelectual e subsídios ilegais a corporações”, além de forçar “transferências tecnológicas” de empresas dos EUA a chinesas.

Mas ele também destacou a necessidade de desenvolver um consenso bipartidário no país e focar em esforços do governo para investimentos em pesquisa e desenvolvimento, infraestrutura e educação que permita às empresas competir melhor com rivais chinesas.

“Quero garantir que vamos lutar como nunca investindo na América primeiro”, disse Biden.

5 – Reino Unido autoriza uso emergencial de vacina da Pfizer e BioNTech contra covid

O Reino Unido tornou-se o primeiro país ocidental a conceder autorização para uso emergencial de uma vacina contra a covid-19, abrindo o caminho para que o imunizante desenvolvido pela americana Pfizer em parceria com a alemã BioNTech seja distribuído à população britânica em volumes limitados em poucos dias.

A mesma vacina está sendo avaliada pelo órgão regulador de medicamentos e alimentos dos EUA, a FDA, com expectativa de que a autorização saia ainda este mês e a vacinação comece antes do fim do ano.

*Com Estadão Conteúdo e Reuters

Agora você pode investir na Apple, Amazon, Google, Disney, Netflix através da melhor plataforma do mercado. Invista em BDRs pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado BDR BDR

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.