Siga nossas redes

Geral

5 fatos para hoje: Vivo e Madero multados por corrupção; PIB chinês no 3º tri

Mesmo crescendo mais que os outros países afetados pela pandemia, o PIB chinês ficou aquém das expectativas.

Publicado

em

por

InvestNews
China

1 – PIB da China cresce 4,9% na comparação anual do 3º trimestre

A economia da China registrou expansão de 4,9% no terceiro trimestre, na comparação anual, após subir 3,2% no segundo trimestre deste ano ante igual período de 2019. As informações foram divulgadas neste domingo (18) pelo Escritório Nacional de Estatísticas chinês.

LEIA MAIS: Só 4 de 14 setores já recuperaram perdas da crise, aponta estudo

O resultado veio abaixo do que a mediana das projeções coletadas pelo jornal The “Wall Street Journal” junto a economistas, de alta de 5,3% no PIB do terceiro trimestre, sobre o mesmo período do ano passado.

O crescimento em relação ao trimestre anterior foi de 2,7%. Nos primeiros nove meses do ano, o PIB chinês registra avanço de 0,7% em relação a igual período de 2019.

2 – Madero e Vivo têm multa por lei anticorrupção

A Controladoria-Geral da União (CGU) multou as empresas Madero Indústria e Comércio e Telefônica Brasil (Vivo) por terem dado vantagens indevidas a agentes públicos. As punições por violar a Lei Anticorrupção foram formalizadas no ‘Diário Oficial’ da União de sexta-feira (16).

A multa aplicada ao Madero é de R$ 442,6 mil e à Vivo, de R$ 45,747 milhões. As decisões são assinadas pelo ministro da CGU, Wagner Rosario.

De acordo com a publicação, o Madero foi punido por ter, em diversas oportunidades, dado vantagens indevidas, em dinheiro e em alimentos, a servidores públicos federais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento designados para fiscalizarem suas instalações em Balsa Nova e Ponta Grossa, no Estado do Paraná.

A operadora Vivo sofreu a punição por ter distribuído ingressos para a Copa do Mundo de 2014 a agentes públicos.

As duas companhias também terão de providenciar a publicação extraordinária da sanção da CGU em jornal de grande circulação nacional, no site da própria empresa e em edital nas entradas principais de pedestres da sede da pessoa jurídica. Ao Madero foi determinado ainda que esse edital também seja afixado nos estabelecimentos da empresa das duas cidades paranaenses onde ocorreram os atos lesivos.

3 – Morre, aos 80 anos, o presidente da Aurora Alimentos

Morreu neste domingo (18), o presidente da Aurora Alimentos, Mário Lanznaster. O executivo de 80 anos, que estava à frente da central de cooperativas agrícolas catarinense desde 2007, tratava havia dois anos de um tumor no fígado. Ele morreu pouco depois das 4h deste domingo no Hospital da Unimed, em Chapecó, sede da Aurora.

Nascido em 1940 e agrônomo de formação, Lanznaster também foi suinocultor e atuava no setor cooperativista desde a década de 1970. Depois de execer vários cargos no segmento, foi eleito presidente da Cooperativa Central Aurora em 2007. Apesar de doente, ele deu expediente normalmetne no escritório até o último dia 11 de outubro.

4 – Suspensão de tarifa de importação de soja e milho deve reduzir custo ao produtor

O custo de produção no setor de proteína animal deve cair um pouco após a Câmara de Comércio Exterior (Camex) ter suspendido temporariamente a Tarifa Externa Comum (TEC) sobre as importações de soja e milho de fora do Mercosul. A avaliação é do presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite), Geraldo Borges, em nota divulgada neste domingo.

“A Abraleite acredita que a retirada da tarifa pode ajudar a controlar as altas vertiginosas nos preços desses insumos que são commodities e possuem suas cotações atreladas ao dólar, vivendo momento de maior exportação para Ásia, sobretudo para China“, disse Borges, acrescentando que a medida também pode beneficiar os consumidores, contendo, talvez as altas dos alimentos à população.

“Essa suspensão dos impostos pode amenizar os efeitos do que está acontecendo hoje e que está dificultando a produção de proteína animal – leite, frango, ovos, suínos e até bovinos de corte criados em confinamento“, continuou Borges. Farelo de soja e milho são os principais insumos alimentares dessas cadeias produtivas e também o item que mais pesa no custo de produção.

5 – Brasil registra 10,9 mil novos casos de covid-19 em 24 horas

O Brasil registrou 10.982 novos casos de covid-19, em 24 horas, informou ontem (18) o Ministério da Saúde. Desde o início da pandemia, são 5.235.344 pessoas com infecção confirmada.

Foram registradas 230 novas mortes desde ontem, totalizando 153.905 óbitos. O número de pessoas recuperadas da doença no Brasil chegou a 4.650.030, enquanto há 431.409 em acompanhamento. Outros 2.362 casos estão em investigação.

O Ministério da Saúde informou que houve “um problema” na atualização dos dados de Rondônia, Pernambuco, Paraíba e Goiás. “O Datasus [Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde] está trabalhando para resolver o problema. Os dados estão preservados, e serão atualizados no boletim amanhã”, informou o ministério.

*Com Estadão Conteúdo e Agência Brasil

O Home Broker dos sonhos é grátis! Conheça agora!

Anúncio Patrocinado Black Novermber 2020 Black Novermber 2020

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.