Siga nossas redes

Geral

Amazon tem lucro e vendas acima do esperado no trimestre

As ações da empresa subiram 6% no pós-mercado.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 3 minutos

Logo da amazon
Logo Amazon 08/08/2018 REUTERS/Pascal Rossignol

A Amazon.com (AMZO34) divulgou nesta quinta-feira crescimento de vendas e lucro acima das expectativas de Wall Street, já que a empresa entregou mercadorias mais rapidamente e mais baratas aos clientes e os recentes ventos contrários à computação em nuvem começaram a diminuir.

As ações subiram 6% no pós-mercado.

Enfrentando uma série de desafios, a Amazon tem como objetivo manter seu status de maior provedor de nuvem e varejista online do mundo.

A empresa respondeu aos movimentos mais adiantados de Google e Microsoft em inteligência artificial com serviços rivais próprios, atraindo milhares de clientes e divulgando a amplitude da tecnologia que oferece, semelhante ao que está capacitando o chatbot ChatGPT.

No varejo, a Amazon reorganizou sua rede de entregas e abriu centros de distribuição para envio no mesmo dia mais perto das grandes metrópoles, economizando tempo e custos na entrega.

Mas o impulso que a divisão de nuvem da Amazon poderia obter ao alimentar a demanda de IA das empresas ainda não se materializou totalmente, enquanto esses mesmos clientes reduziram os gastos sempre que possível. Os consumidores por meses também agiram com reserva semelhante, adiando compras discricionárias e comprando por valor.

amazon
REUTERS/Mike Segar

Apesar disso, a Amazon acelerou o crescimento da receita no segundo trimestre. As vendas aumentaram 11%, para US$ 134,4 bilhões, em comparação com as estimativas de US$ 131,50 bilhões de analistas consultados pela Refinitiv.

A sina da empresa, em particular, está ligada à de sua divisão de computação em nuvem. Por muito tempo uma importante fonte de lucro, a Amazon Web Services (AWS) registrou desaceleração do crescimento nos últimos trimestres, turbulência que o presidente-executivo Andy Jassy disse estar começando a desaparecer.

“Nosso crescimento na AWS se estabilizou à medida que os clientes começaram a mudar da otimização de custos para a implantação de novas cargas de trabalho”, disse ele em comunicado. “Foi outro forte trimestre de progresso para a Amazon.”

A AWS superou as estimativas de cerca de US$ 21,7 bilhões em vendas de nuvem no segundo trimestre, aumentando-as em 12%, para US$ 22,1 bilhões.

Enquanto isso, a Amazon pretende operar de forma mais enxuta, com 27 mil pessoas afetadas por demissões em massa ou o que era 9% de sua equipe de cerca de 300 mil pessoas.

Recentemente, a empresa revelou mais reduções de função nas lojas Amazon Fresh após meses de busca por uma melhor estratégia.

A empresa estimou vendas líquidas para o trimestre atual na faixa de US$ 138 bilhões a US$ 143 bilhões. Analistas consultados pela Refinitiv esperavam receita de 138,25 bilhões.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.