Siga nossas redes

Geral

Ficou sabendo? Apple fecha acordo multibilionário; Microsoft reforça ChatGPT 

E mais: Unidade de computação em nuvem do Alibaba cortará 7% da equipe, diz Reuters

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 3 minutos

Apple fecha acordo multibilionário com Broadcom para chips fabricados nos EUA

Apple (AAPL34) anunciou nesta terça-feira que fechou um acordo multibilionário com a Broadcom para usar seus chips fabricados nos Estados Unidos.

Sob o acordo plurianual, a Broadcom desenvolverá componentes de radiofrequência 5G com a Apple, que serão projetados e montados em várias instalações no país, disse a Apple.

Os chips fazem parte de um sistema de radiofrequência que ajuda os iPhones e outros dispositivos da Apple a se conectarem a redes de dados móveis.

Microsoft reforça ChatGPT e Bing em amplo lançamento de produtos de IA

Logo da Microsoft
07/11/2017 REUTERS/Lucy Nicholson

A Microsoft (MSFT34) começou a disponibilizar a usuários nesta terça-feira uma série de atualizações de inteligência artificial para os usuários, incluindo o ChatGPT, seu mecanismo de busca Bing e para serviços em nuvem.

Entre as principais mudanças está o lançamento de resultados de pesquisa simultâneo do Bing para ChatGPT, o chatbot viral de seu parceiro OpenAI cujas respostas originalmente eram limitadas a informações a partir de 2021.

Agora, o ChatGPT pode obter resultados online do Bing para assinantes pagos com previsão em breve para usuários gratuitos, disse a empresa em sua conferência anual Microsoft Build.

  • Descubra a história de Bill Gates: o magnata e filantropo fundador da Microsoft

Unidade de computação em nuvem do Alibaba cortará 7% da equipe, diz Reuters

A unidade de computação em nuvem do Alibaba (BABA34) iniciou uma rodada de redução de pessoal que afetará 7% da equipe, em uma estratégia de corte de custos ante de uma oferta pública inicial de ações, disse uma fonte familiarizada com o assunto à Reuters.

A unidade de computação em nuvem começou a oferecer plano de demissão voluntária aos funcionários, disse a fonte. O Alibaba não respondeu imediatamente a um pedido de comentário da Reuters.

No início deste mês, a gigante chinesa apresentou planos de listagem e captação de recursos para quatro de suas unidades de negócios, incluindo a de logística Cainiao. Como parte dos planos, o maior serviço de computação em nuvem da China deverá ser listado em bolsa de valores no próximo ano.

(*Com informações da Reuters.)

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.