Siga nossas redes

Geral

Ficou sabendo? Mudança societária na Americanas; dividendo gordo da Petrobras

Segundo projeções de mercado, petrolífera pode ter um retorno de 30% em dividend yield até 2023.

Publicado

em

Petrobras
Logo da empresa de petróleo, Petrobras, no Rio de Janeiro, Brasil. 16/10/2019 REUTERS/Sergio Moraes

Petrobras pode pagar US$ 20 bi em dividendos até 2023

Segundo o Goldman Sachs, a Petrobras (PETR4) pode pagar o valor recorde entre US$ 17 bilhões até US$ 20 bilhões em dividendos entre 2022 e 2023.

Isso resultaria em um dividend yield entre 25% e 30%, enquanto as petrolíferas globais pagam cerca de 5%.

Mudança societária na Americanas pode reduzir poder do fundo 3G

Uma mudança em estudo pela Lojas Americanas (LAME4) em sua estrutura societária está gerando especulações sobre o que pode acontecer com o famoso trio de controladores do grupo, Jorge Paulo Lemann, Carlos Alberto Sicupira e Marcel Telles, fundadores da Ambev e sócios do fundo 3G Capital.

O comunicado da empresa sobre o tema trouxe poucos detalhes, mas sinaliza a eliminação da holding criada em abril para garantir o controle do 3G na empresa. A dúvida é se os empresários vão encontrar alguma forma de seguir controlando a varejista, que agora está perto de listar ações nos Estados Unidos e no Novo Mercado, segmento de maiores exigências corporativas da B3, a Bolsa brasileira, e vem fazendo um movimento de crescimento via aquisições.

Os analistas do Citi calculam que, com a possibilidade de unificação das ações, o trio de controladores reduziria sua participação atual, de 39%, e passaria a deter 29%, segundo estudos preliminares.

Já o Goldman Sachs observa que a reorganização é “estrategicamente positiva”, pois deve elevar o poder de voto dos minoritários, que hoje já detêm a maior parcela da companhia, mas ainda têm pouca voz. Por causa dessa distorção, a ação da holding da varejista (LAME3;LAME4) estaria sendo negociada com um desconto de 24% a 29% em relação ao papel do negócio operacional (AMER3). Com a mudança, os três papéis seriam unidos em um.

PayPal faz oferta de US$ 45 bi pela Pinterest, dizem fontes

A PayPal Holdings fez uma oferta para comprar a rede social Pinterest por US$ 45 bilhões, disseram nesta quarta-feira (20) pessoas familiarizadas com o assunto, uma combinação que pode produzir mais negócios entre empresas de tecnologia financeira e mídia social no comércio eletrônico.

O preço ofertado representa um prêmio de 26% em relação ao valor de fechamento da ação do Pinterest na terça-feira (19), de US$ 55,58.

A PayPal planeja financiar a aquisição principalmente por meio de ações, disseram as fontes. O boom gerado no comércio eletrônico nos últimos meses por causa das medidas de isolamento social ajudou a elevar o valor das ações da PayPal em cerca de 36%, dando à empresa um valor de mercado de quase US$ 320 bilhões.

*Com informações de Reuters e Agência Estado

Veja também

  • Uber em crise? Número de motoristas diminui e usuários enfrentam problemas
  • Impulsionado pelo Atacadão, Grupo Carrefour soma R$ 20,8 bi em vendas no 3º tri
  • CESP terá novo nome e base acionária na B3 será migrada para o Novo Mercado
  • Ibovespa despenca, juros disparam: 2 cuidados para seus investimentos
  • B3 lança seu primeiro índice com foco no pilar social

Compre Ações em apenas 3 cliques e aproveite taxa ZERO de corretagem! Invista já

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!