Siga nossas redes

Geral

5 fatos para hoje: lucros do Banco do Brasil e Itaúsa; processo da Vale

A Itaúsa informou que seu lucro recorrente de outubro a dezembro somou R$ 4,185 bilhões, aumento de 53,2% sobre um ano antes.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 10 minutos

LOGO DA ITAÚSA

1 – Lucro da Itaúsa dispara 53% no 4º tri, com melhora em todas as linhas de negócios

O lucro da Itaúsa (ITSA3, ITSA4) teve forte alta no quarto trimestre, uma vez que os ganhos do Itaú Unibanco foram desta vez acompanhados por melhora em todas as linhas de negócios da holding, incluindo os ligados a varejo e à indústria.

O conglomerado informou nesta segunda-feira que seu lucro recorrente de outubro a dezembro somou R$ 4,185 bilhões, aumento de 53,2% sobre um ano antes.

O Itaú Unibanco já havia anunciado na semana passado um aumento de 32,9% no lucro do período, ano a ano, para R$ 7,159 bilhões, acima das previsões de analistas.

Além disso, a XP, na qual a Itaúsa tem participação relevante, reportou um salto de 51% no lucro ajustado do quarto trimestre.

Mas o resultado da holding desta vez foi turbinado por evolução ainda maior do lucro das empresas não financeiras, como a fabricante de calçados Alpargatas e a fabricante de paineis de madeira, revestimentos e louças sanitárias Dexco.

A Copa Energia, de distribuição de gás de cozinha, e a transportadora de gás por dutos NTS também tiveram forte alta nos resultados dos três últimos meses do ano passado.

Por fim, a Itaúsa ainda reportou um acréscimo de R$ 872 milhões na linha outras receitas operacionais, ante apenas R$ 2 milhões um ano antes.

Executivos da companhia discutem os resultados do trimestre com investidores e analistas em teleconferência na terça-feira, às 10h (horário de Brasília).

2 – BB lucra 60% mais no 4º tri; prevê crédito até 12% maior em 2022

O Banco do Brasil (BBAS3) anunciou nesta segunda-feira (14) que teve lucro recorrente de R$ 5,9 bilhões no quarto trimestre, aumento de 60,5% ante mesma etapa de 2020 e acima da média de expectativas do mercado, de R$ 4,81 bilhões.

Em um documento separado, o BB previu que terá lucro ajustado de R$ 23 bilhões a R$ 26 bilhões em 2022. No ponto médio, significaria um avanço de cerca de 17% sobre o obtido no ano passado.

O banco também projetou expansão de 8% a 12% de seu estoque de empréstimos neste ano e que suas receitas com tarifas cresçam no mesmo ritmo das despesas operacionais, isto é, na faixa de 4% a 8%.

O BB informou nesta segunda-feira que a rentabilidade sobre o patrimônio líquido atingiu 16,3% de outubro a dezembro, um aumento de 5,5 pontos percentuais na comparação anual, em bases recorrentes.

O banco fechou 2021 com uma carteira de crédito ampliada de 874,9 bilhões, crescimento de 7,4% em 12 meses. O índice de inadimplência acima de 90 dias ficou em 1,75%, 0,07 ponto percentual menor na comparação com o trimestre imediatamente anterior, e queda de 0,15 ponto ano a ano.

A provisão feita pelo do banco estatal para enfrentar perdas com inadimplência foi de R$ 3,79 bilhões no trimestre, um recuo de 26,5% contra um ano antes.

As receitas com tarifas e serviços no período somaram R$ 7,82 bilhões, um avanço de 5,9% sobre o quarto trimestre de 2021. Na outra ponta, as despesas administrativas totalizaram R$ 8,5 bilhões, alta de 7,6% na base sequencial e de 4,8% em 12 meses.

3 – Vale requer encerramento de processo específico contra pessoas e entidades ligadas à BSGR

A Vale (VALE3) requereu o encerramento de um processo específico de fraude contra as pessoas físicas e duas entidades ligadas à BSGR – empresa do empresário Benjamin Steinmetz- seguindo recomendação do escritório Cleary Gottlieb Steen & Hamilton, responsável pela causa, conforme informou em nota à imprensa nesta segunda-feira.

Segundo a empresa, a iniciativa para o encerramento “é de natureza eminentemente processual”, após a recomendação, ligada a uma possível prescrição do pedido contra aqueles réus, considerando uma recente alteração jurisprudencial.

Mais cedo nesta segunda-feira, a Bloomberg havia noticiado que a mineradora havia desistido de sua batalha judicial de US$ 1,2 bilhão em Londres com Beny Steinmetz e cinco de seus associados a menos da metade de um julgamento planejado de 11 semanas por suposto suborno, de acordo com a equipe de mídia do magnata israelense.

“A Vale reforça que continuará adotando os demais procedimentos legais cabíveis na recuperação do crédito de 2 bilhões de dólares devidos pela BSGR, pela execução da sentença arbitral contra a BSGR. Outros procedimentos já existentes para essa finalidade seguem em curso”, afirmou a empresa.

Em seu comunicado, a Vale reiterou que em 2019 foi proferida sentença arbitral favorável à Vale pela London Court of International Arbitration, por meio da qual teria sido reconhecido que a BSGR havia cometido fraude “ao esconder da Vale que a concessão minerária para exploração na região de Simandou, na República da Guiné, havia sido obtida em 2008 por meio de pagamento de propina e corrupção”.

Na ocasião, frisou a Vale, o Tribunal Arbitral condenou a BSGR ao pagamento de US$ 2 bilhões por danos decorrentes da fraude.

4 – Procura por crédito sobe 7,2% em janeiro, mostra Serasa Experian

A procura dos consumidores por crédito aumentou 7,2% em janeiro em comparação ao mesmo mês do ano passado. Segundo os dados divulgados hoje (14) pela Serasa Experian, o crescimento na busca de crédito financeiro do primeiro mês do ano, no entanto, foi o menor desde outubro de 2021, quando registrou alta de 5,6%. Em novembro foi 7,6% e em dezembro, 11,6%. 

De acordo com o economista da Serasa Experian Luiz Rabi, os gastos de início de ano com o pagamento do IPVA, IPTU e de materiais escolares, fazem os consumidores buscarem crédito para a complementação da renda.

“Os consumidores que precisam fechar as contas do fim do mês recorrem ao recurso financeiro para não ficar no vermelho. No entanto, as altas taxas de juros, também encareceram o acesso ao crédito. Por isso, embora as pessoas continuem precisando, o mês de janeiro registrou o menor percentual dos últimos três meses”, explica.

De acordo com os dados da Serasa Experian, as maiores altas na busca por crédito ocorreram no Centro-Oeste (16%), seguido das regiões Norte (14,5%), Sul (9,8%), Sudeste (5,4%), e Nordeste (3,7%).

5 – Agronegócio tem superávit de US$ 7,7 bilhões em janeiro deste ano

A balança comercial do agronegócio brasileiro apresentou saldo positivo, em janeiro deste ano, de US$ 7,7 bilhões. As exportações do setor cresceram 57,5% em relação ao mesmo mês do ano passado, com resultado em valor de US$ 8,8 bilhões, enquanto as importações caíram para US$ 1,1 bilhão, queda de 15,5% na mesma comparação.

A balança comercial total, que inclui todos os setores, além da agricultura, os resultados apontam déficit de US$ 214,4 milhões. As informações foram divulgadas hoje (14) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Na análise dos últimos 12 meses, a alta foi de 23,1% nas exportações agrícolas e de 16,7% nas importações, o que contribuiu para o saldo da balança comercial do agronegócio de US$ 108,5 milhões nesse período.

Segundo os pesquisadores do Ipea responsáveis pelo estudo Ana Cecília Kreter, Fábio Servo e Rafael Pastre, janeiro é um mês tradicionalmente com menos embarques para o agronegócio.

Entretanto, o patamar atingido pelo setor em janeiro de 2022 superou não só o desempenho de janeiro de 2021, como ficou 37,1% acima de janeiro de 2019, no período pré-pandemia, quando o país exportou US$ 6,4 bilhões.

Complexo soja

Dos US$ 3,2 bilhões a mais exportados em janeiro deste ano, o complexo soja, que inclui soja em grão, farelo de soja e óleo de soja, representou US$ 1,6 bilhão, com incremento, respectivamente, de 5.223,9%, 44,7% e 1.974% nos valores exportados por esses produtos, frente a 2021.

Segundo o Ipea, os altos percentuais podem ser explicados pelo aumento na quantidade exportada: 4.853,6% somente a soja em grão. Os pesquisadores destacaram também que o preço médio da soja segue numa trajetória de crescimento no mercado internacional desde o ano passado.

Por isso, “como janeiro é um mês de entressafra do grão para o Brasil, qualquer incremento nos embarques impacta de forma mais acentuada no crescimento do valor e do volume”, relata o estudo.

A China foi o principal destino da soja em grão brasileira. O mercado chinês importou em janeiro US$ 991,6 milhões do Brasil, devido ao estoque insuficiente interno para atender a demanda doméstica e a evolução crescente da pecuária chinesa.

Já a Índia, que apresentava até então uma participação marginal na compra de óleo de soja do Brasil, aumentou os embarques do produto, com importação de US$ 188,6 milhões em janeiro de 2022. Em igual mês de 2021, os indianos não haviam importado esse item.

A exportação de carne bovina subiu 46,2% em valor e 25,7% em volume, em janeiro deste ano. O milho, que teve a comercialização prejudicada pela quebra na segunda safra do grão em 2021, começou o ano com aumento de 45,6% em valor e 16,5% em quantidade.

A carne de frango também mostrou expansão de 42,8% no valor exportado frente a janeiro de 2021. O Brasil, que é o maior exportador mundial dessa proteína animal, embarcou US$ 181 milhões a mais em janeiro deste ano, o que também contribuiu para o bom desempenho do setor.

Importações

Ao contrário das exportações, o país importou US$ 202,2 milhões a menos que no ano passado, o que corresponde a uma queda de 15,5% no total de produtos do agronegócio adquiridos do exterior.

Das 15 commodities (produtos agrícolas e minerais comercializadas no mercado externo) acompanhadas pelos pesquisadores do Ipea, 12 apresentaram queda na quantidade importada em janeiro e nove no valor, frente ao mesmo mês do ano passado.

O trigo continuou liderando a pauta de produtos importados, com US$ 138,4 milhões, revelando retração de 10,7%. O estudo do Ipea identifica, porém, que a queda na quantidade importada de trigo (-22,1%) reflete a boa safra brasileira em 2021.

Assim como os produtos da pauta de exportação, a maior parte das importações apresentou alta nos preços médios em janeiro de 2022 frente a 2021.

Com exceção do café, do açúcar e do algodão, os demais produtos da pauta de exportação acompanhados pelo Ipea apresentaram crescimento em valor e em quantidade na comparação com janeiro do ano passado.

Mesmo assim, os embarques nos próximos meses dependerão da safra atual. “Os impactos do fenômeno climático La Niña e a produção dos principais países concorrentes do Brasil serão determinantes também para o desempenho da balança comercial do agronegócio em 2022”, sinalizaram os pesquisadores do Ipea.

Com informações da Reuters, Estadão Conteúdo e Agência Brasil

Veja também

Home Broker grátis e taxa de corretagem GRÁTIS para Ações. Partiu investir? Invista agora

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Carteira de Dividendos Julho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu