Siga nossas redes

Coluna do Samy

Nos jogos de tênis e nas bolsas de valores: como os campeões reagem aos riscos?

Pesquisadores realizaram estudo para entender se a chance de ser eliminado durante os jogos de tênis aumentaria ou diminuiria com a propensão ao risco.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 4 minutos

Imagem ilustrativa | Freepik

Como um investidor ousado, o grande Roger Federer não tem medo de correr riscos para evitar uma perda. Se arriscar mais quando está atrás no placar, sacando mais forte e tentando jogadas difíceis, é uma das características do suíço, tão bom que vê-lo jogar foi comparado a uma experiência religiosa pelo escritor americano David Foster Wallace.

Não é assim com Serena Williams. Como a maioria das mulheres, ela não altera o padrão de jogo, esteja ou não na frente no placar. Serena, uma lenda do tênis com seus 23 títulos de Grand Slam, lembra mais um investidor que se mantém fiel à estratégia, não importa se está lucrando ou perdendo dinheiro no momento, se as premissas do investimento (ou do jogo) não mudarem.

Já Novak Djokovic, quando não está causando polêmicas sobre a vacinação, lembra um investidor que só se mexe no instante final. O sérvio espera alguns milésimos a mais do que os adversários para reagir. Procrastina em seu estilo de jogo, usando todo o tempo disponível para decidir onde vai mandar a bola. Uma vantagem que permitiu acumular 20 títulos do Grand Slam – mesmo número de Federer.

Mas procrastinar mesmo é com Rafael Nadal, o final de janeiro o maior ganhador entre os homens da história do Grand Slam, com seus 21 troféus. O ritual antes de um saque envolve limpar os tênis, o rosto, a camisa e cada orelha. A média de tempo gasto é de 20 segundos, mas já chegou a um minuto e meio. Tudo para que a lenda espanhola possa focar na estratégia que vai adotar assim que bater na bola.

Uma partida de tênis exige decisões rápidas. O mesmo ocorre no mercado financeiro. Uma dinâmica em ambos os casos que envolve nossas escolhas diante do risco. E que motivou um curioso estudo de quatro economistas e também professores – Nejat Anbari (Durhan, Inglaterra), Peren Arin (Zayed University, Abu Dhabi), Cagla Okten (Universidade Bilkent, Turquia) e Christina Zenker (St. Gallen , Suíça) – de universidades espalhadas pela Europa.

O grupo se debruçou sobre 32 partidas – 19 masculinas e 13 femininas – do Torneio de Dubai disputado em 2013 com uma regra diferente: as partidas têm apenas dois sets. Se perder o primeiro, o jogador se aproxima perigosamente da derrota caso comece perdendo também o segundo set. Com as estatísticas das partidas, os pesquisadores estavam curiosos: ‘a chance de ser eliminado aumentou ou diminuiu a propensão ao risco?’.

Na Teoria da Perspectiva, de Daniel Kahneman, ganhador do Nobel de Economia, e Amos Tversky, quase todos somos muito mais afetados pelas perdas do que pelos ganhos. Se alguém perde R$ 10, o sofrimento psicológico tende a ser mais intenso do que a felicidade de achar uma nota de R$ 20. Se a teoria estava certa, tenistas deveriam se arriscar mais quando estavam sendo derrotados e menos quando estavam à frente no placar.

O que valeu para os homens. Em desvantagem, eles sacaram a 1,6 km/h mais rápido do que se estavam ganhando. Porém, não entre as mulheres. Perdendo, elas não mudavam o saque. Mas se estavam ganhando, a bola se movia 6,8 km/h mais lenta. Agiam assim devido à aversão à perda. Errar o saque é dar os pontos à adversária. Com um saque mais lento, aumentavam as chances de decidir com a bola em jogo.

O estudo explica ‘por que economistas têm estudado o tênis?’. Seja na iminência de um set perdido ou da queda da bolsa, os resultados indicam como tomamos decisões em situações arriscadas. Mas claro que ser uma lenda do esporte ajuda.

*Samy Dana é Ph.D em Business, apresentador do Cafeína/InvestNews no YouTube e comentarista econômico.

As informações desta coluna são de inteira responsabilidade do autor e não do InvestNews e das instituições com as quais ele possui ligação. 

Veja também

Seja sócio das maiores empresas do Brasil com corretagem ZERO! Invista em Ações

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Novidade Carteita TOP FII Junho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu