Siga nossas redes

Geral

Ucrânia desafia exigência russa de depor armas em Mariupol

Militares russos ordenaram que os ucranianos dentro da cidade sitiada, no sudeste do país, se rendessem às 5h da manhã.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 4 minutos

Ucrânia desafia exigência russa de depor armas em Mariupol
Tropas pró-Rússia vasculham carros na cidade portuária ucraniana de Mariupol 20/03/2022 REUTERS/Alexander Ermochenko

A Ucrânia desafiou uma exigência russa de que suas forças depusessem as armas antes do amanhecer desta segunda-feira (21) em Mariupol, onde centenas de milhares de civis estão retidos em uma cidade sitiada e já devastada pelo bombardeio russo.

Os militares russos ordenaram que os ucranianos dentro da cidade sitiada, no sudeste do país, se rendessem às 5h da manhã, dizendo que aqueles que o fizessem teriam permissão para sair por corredores seguros.

“Não pode haver nenhuma rendição, deposição de armas” na cidade, respondeu a vice-primeira-ministra ucraniana, Iryna Vereshchuk. “Já informamos o lado russo sobre isso.”

O ataque da Rússia à Ucrânia, agora em sua quarta semana, estagnou na maioria das frentes. A Rússia não conseguiu tomar uma única grande cidade ucraniana, muito menos capturar a capital Kiev ou derrubar rapidamente o governo do presidente Volodymyr Zelenskiy.

Mas a Rússia atingiu áreas residenciais, causando destruição em massa. Nenhum lugar sofreu mais do que Mariupol, uma cidade portuária no Mar de Azov, que abrigava 400.000 pessoas antes da guerra. Está sob cerco e bombardeio constante, sem comida, remédios, energia ou água potável, desde os primeiros dias da invasão.

Algumas pessoas foram autorizadas a sair em carros particulares, mas as forças russas não permitiram que comboios de ajuda ou ônibus chegassem à cidade para retirar civis. A Ucrânia também acusa Moscou de deportar alguns civis de Mariupol para a Rússia.

“Deponham suas armas”, disse o coronel-general Mikhail Mizintsev, diretor do Centro Nacional Russo de Gerenciamento de Defesa, em um briefing distribuído pelo Ministério da Defesa, anunciando o ultimato. “Todos os que depuserem as armas têm a garantia de uma passagem segura para fora de Mariupol.”

Mizintsev acusou os “nazistas” em Mariupol de causar uma “terrível catástrofe humanitária” lá, incluindo atirar em pessoas que tentavam sair. Ele não apresentou nenhuma evidência para isso.

“O que eu vi, espero que ninguém nunca veja”, disse o cônsul-geral da Grécia em Mariupol, Manolis Androulakis, que chegou em casa no domingo após uma viagem de quatro dias desde que escapou do cerco, o último diplomata europeu a deixar a cidade.

“Mariupol fará parte de uma lista de cidades que foram completamente destruídas pela guerra; não preciso nomeá-las: são Guernica, Coventry, Aleppo, Grozny, Leningrado.”

Em uma atualização de inteligência nesta segunda-feira, o Ministério da Defesa britânico informou que o ataque da Rússia a Kiev estava paralisado. Os combates pesados ​​continuavam perto de Hostomel, um subúrbio em uma área a noroeste onde o avanço da Rússia foi em grande parte interrompido desde as primeiras horas da guerra em 24 de fevereiro.

“As forças que avançam a partir de Hostomel para o noroeste foram repelidas pela feroz resistência ucraniana.”

A Rússia chama a guerra, o maior ataque a um Estado europeu desde a Segunda Guerra Mundial, de “operação militar especial” para desarmar a Ucrânia e protegê-la dos “nazistas”. O Ocidente descreve isso como um falso pretexto para uma guerra de agressão não provocada para controlar um país que o presidente Vladimir Putin descreve como ilegítimo.

O escritório de direitos humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) disse que pelo menos 902 civis foram mortos até a meia-noite de sábado, embora o número real seja provavelmente muito maior. A agência de refugiados da ONU afirmou que 10 milhões de ucranianos foram deslocados, incluindo cerca de 3,4 milhões que fugiram para países vizinhos como a Polônia.

Veja também

Invista na Apple, Amazon, Google, Disney, Netflix em poucos cliques e com taxa ZERO de corretagem! Invista em BDR

Anúncio Patrocinado Super Week Temporada de balanços Super Week Temporada de balanços
ANÚNCIO PATROCINADO      Conheça a carteira recomenda de dividendos

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Carteira Top 10