Siga nossas redes

Negócios

Ação do BB despenca com notícias sobre saída de presidente; banco não comenta

Motivo do afastamento de André Brandão seria pressão política.

Publicado

em

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

A ação do Banco do Brasil (BBAS3) caiu 4,9% no pregão desta quarta-feira (13), com rumores sobre a saída de André Brandão da presidência do banco por pressões políticas, segundo notícias publicadas hoje pelo portal “G1” e pela “BandNews”.

Procurada pelo InvestNews, a assessoria de imprensa informou que o banco não vai comentar o assunto.

Mais cedo, o blog da jornalista Andréia Sadi, do “G1”, publicou a notícia de que o presidente Jair Bolsonaro estaria insatisfeito com a gestão de Brandão à frente do banco. Um dos motivos seria o possível desgaste político do fechamento de agências do banco, no ano anterior à eleição presidencial. O fechamento de agências faz parte de um planejamento de reestruturação do Banco do Brasil.

Ao final da tarde, a emissora “BandNews” noticiou que foi acertada a saída de Brandão da presidência do BB, após 4 meses no cargo. A reportagem também cita insatisfação da cúpula do Governo Bolsonaro com a gestão do executivo.

A notícia vem na mesma semana em que o Banco do Brasil anunciou o fechamento de 361 unidades – 112 agências, 7 escritórios e 242 postos de atendimento – no primeiro semestre de 2021, além da abertura de dois Programas de Demissão Voluntária com a previsão de adesão de cerca de 5 mil funcionários.

Compre Ações em apenas 3 cliques e aproveite taxa ZERO de corretagem! Invista já

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!