Siga nossas redes

Negócios

Apple pode voltar a vender smartwatches após vitória em tribunal nos EUA

Disputa de patentes sobre tecnologia de monitoramento médico está no centro de ação judicial movida pela Masimo.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 3 minutos

A Apple (AAPL34) pode, por enquanto, retomar as vendas de smartwatches nos Estados Unidos, depois que um tribunal de recursos do país suspendeu nesta quarta-feira proibição de importação dos dispositivos imposta por uma comissão do governo norte-americano em meio a uma disputa de patentes sobre tecnologia de monitoramento médico.

A companhia havia entrado com um pedido de emergência solicitando ao tribunal de apelações a suspensão da ordem da Comissão de Comércio Internacional dos EUA (ITC), que havia decidido que a Apple violou patentes da norte-americana Masimo.

Uma decisão final pode custar milhões de dólares a qualquer uma das empresas e, potencialmente, forçar um acordo ou algum tipo de solução tecnológica por parte da Apple, disseram analistas. No entanto, em última análise, qualquer impacto financeiro para a Apple provavelmente será diminuído pela má publicidade que o processo está gerando, disseram eles.

Smartwatch da Apple é exibido enquanto os clientes visitam a loja da Apple em Nova York 26/12/2023 REUTERS/Eduardo Munoz

As ações da Masimo caíram quase 4% após a decisão, e as ações da Apple permaneceram praticamente estáveis.

A ITC proibiu as importações e vendas de Apple Watches com tecnologia para leitura dos níveis de oxigênio no sangue do usuário. A partir do modelo da Série 6 em 2020, a Apple incluiu um recurso de oxímetro de pulso em seus smartwatches.

A Masimo acusou a Apple de contratar seus funcionários, roubar sua tecnologia de oximetria de pulso e incorporá-la aos Apple Watches. A Apple contra-atacou, chamando as ações legais da Masimo de “manobra para abrir caminho” para seu próprio smartwatch concorrente.

“A Apple pode facilmente desenvolver seu próprio software de monitoramento de sangue, é apenas uma questão de tempo… Os custos de desenvolvimento de software não são algo muito preocupante para uma empresa tão rica como a Apple”, disse Stuart Cole, macroeconomista-chefe da Equiti Capital.

“A questão mais importante é que essa não é uma boa imagem para a Apple, pois sugere que ela está roubando tecnologia dos concorrentes em vez de desenvolver a sua própria. A Apple está lutando contra esse processo mais com um olho no que isso significa para seus futuros produtos vestíveis do que nesse software específico de monitoramento de oxigênio”, disse Cole.

Em uma decisão de quatro parágrafos na quarta-feira (27), o tribunal de recursos disse que suspendeu a proibição enquanto considera a moção da Apple para uma pausa de longo prazo durante o processo de recursos. O tribunal deu à ITC até 10 de janeiro para responder à solicitação da Apple, que afirmou que está trabalhando em uma série de opções legais e técnicas.

A Apple suspendeu as vendas dos smartwatches Series 9 e Ultra 2 em seu site e em lojas na semana passada nos EUA devido à decisão da ITC.

O negócio de dispositivos “vestíveis”, para casa e outros acessórios da Apple, que inclui o Apple Watch, fones de ouvido e outros produtos, gerou receita de 8,28 bilhões de dólares durante o terceiro trimestre deste ano 2023, segundo dados da empresa.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.