Siga nossas redes

Negócios

Bilionário do Google doa US$ 600 mi em ações após disparada

Doação não mostra quem recebeu os 5,2 milhões de papéis.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Sergey Brin, co-fundador do Google, doou ações da Alphabet no valor de aproximadamente US$ 600 milhões na semana passado, quando sua fortuna deu o maior salto em mais de dois anos.

A doação, divulgada em uma demonstração de participações, não especifica quem recebeu as 5,2 milhões de ações, que podem ter ido para instituições de caridade ou fundos.

O Google não respondeu a um pedido de comentário sobre o demonstrativo regulatório.

Sergey Brin, Google
Sergey Brin, presidente da Alphabet. Crédito: David Paul Morris/Bloomberg

As fortunas de Brin e do co-fundador Larry Page, juntas, aumentaram em US$ 18 bilhões na semana passada, o maior ganho desde fevereiro de 2021, em meio a um frenesi em torno da inteligência artificial que impulsionou as ações da Alphabet. 

Um dia antes da doação, a empresa californiana anunciou um mecanismo de busca mais intuitivo, e disse que está tornando seu chatbot baseado em IA, o Bard, mais amplamente disponível.

O patrimônio de Brin agora é de cerca de US$ 101 bilhões, de acordo com o Bloomberg Billionaires Index. Sua fortuna, a nona maior do mundo, é composta em grande parte por ações da Alphabet. Ele vendeu mais de US$ 10 bilhões em ações desde a oferta pública inicial da empresa em 2004, segundo dados compilados pela Bloomberg.

A doação segue uma transferência semelhante de Brin no final do ano passado, de cerca de 1 milhão de ações. Ele também usou parte de suas ações da Alphabet para montar uma nova organização sem fins lucrativos chamada Catalyst4, focado em saúde e mudança climática, embora os demostrativos indiquem que a maior parte de seu financiamento até agora vem de ações da Tesla, vendidas perto de seu pico no final de 2021.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.