Siga nossas redes

Negócios

Credores aprovam plano de recuperação judicial da Paranapanema

Companhia anunciou em dezembro de 2022 o ajuizamento do pedido de recuperação judicial em caráter de urgência.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

A Paranapanema (PMAM3) informou em fato relevante nesta quinta-feira (24) que os credores da companhia aprovaram o plano de recuperação judicial da empresa e de suas controladas, o Centro de Distribuição de Produtos de Cobre (CDPC) e a Paraibuna Agropecuária.

“A diretoria entende que a aprovação do plano de recuperação judicial representa um importante passo no processo de reestruturação da companhia”, diz a empresa no documento.

Com isso, o plano segue para a homologação do juízo da recuperação judicial.

O pedido

Paranapanema anunciou em dezembro de 2022 o ajuizamento, junto com as controladas Paraibuna Agropecuária e Centro de Distribuição de Produtos de Cobre (CDPC), do pedido de recuperação judicial em caráter de urgência.

Em fato relevante na época, a empresa informou que o pedido foi encaminhado perante a 1ª Região Administrativa Judiciária (RAJ) da cidade de São Paulo (SP), após ser aprovado pelo conselho de administração da empresa e encaminhado para referendo em assembleia geral extraordinária de acionistas.

“Por meio do plano de recuperação judicial, a companhia pretende reestabelecer seu equilíbrio econômico e financeiro e honrar os compromissos assumidos com seus diversos stakeholders e, em um futuro próximo, retomar seu crescimento, dentro das reais possibilidades operacionais e financeiras da empresa”, disse a Paranapanema no documento.

Ainda em dezembro do ano passado, o pedido foi aceito pela justiça.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.