Siga nossas redes

Negócios

Moody’s rebaixa rating da Light após pedido de recuperação judicial

Nota foi rebaixada de “Caa3” para “Ca” na escala global, diz relatório.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

A Light (LIGT3) teve suas classificações de risco de crédito alteradas pela Moody’s Global e retiradas pela Moody’s Brasil após pedido de recuperação judicial da companhia. A empresa de energia elétrica possui dívidas de R4 11 bilhões.

O rating foi rebaixado de “Caa3” para “Ca” na escala global, com perspectiva negativa.

A Moody’s disse, em seu relatório, que a visão de crédito da Light reflete o perfil consolidado da holding, e considera a qualidade de crédito de suas duas principais subsidiárias, a Light SESA e Light Energia, que atuam nos segmentos de distribuição e geração de energia, respectivamente.

“Os ratings da Light SESA e Light Energia consideram as garantias corporativas oferecidas pela Light para emissões em ambas as companhias, assim como provisões de inadimplemento cruzado dentro do grupo, os quais sustentam fortes elos financeiros estruturais entre as entidades do grupo.”

relatório Moody’s

Em nova avaliação da Moody’s Brasil, em sequência àquela divulgada em fato relevante publicado de 15 de maio de 2023, a agência de riscos divulgou a retirada dos ratings das companhias.

Em fato relevante publicado nesta quarta-feira (17), a companhia diz que “em linha com as melhores práticas de governança corporativa, a Companhia manterá o mercado e o público em geral devida e oportunamente atualizados sobre informações relevantes relacionadas a este tema.”

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.