Siga nossas redes

Negócios

Petrobras protocola licenciamento de projetos eólicos offshore de até 23 GW

Informação foi dada pelo CEO da empresa.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

A Petrobras (PETR3 e PETR4) solicitou nesta semana junto ao Ibama licenciamento para o desenvolvimento de projetos eólicos offshore (em alto-mar) em dez áreas, somando até 23 GW, tornando-se a empresa com o maior potencial em capacidade protocolada junto ao órgão ambiental, afirmou o CEO, Jean Paul Prates, nesta quarta-feira (13).

A declaração ocorreu em apresentação a jornalistas para detalhar uma parceria anunciada mais cedo com a WEG (WEGE3), para desenvolvimento de uma turbina de geração eólica onshore de 7 megawatts (MW) de potência, em projeto que deve dar novo impulso à indústria nacional de energias renováveis.

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, durante coletiva de imprensa, em março de 2023. (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)
O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, durante coletiva de imprensa, em março de 2023. (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

Além disso, o diretor de Transição Energética, Maurício Tolmasquim, disse que a empresa está analisando a aquisição de parques eólicos onshore (em terra), e essa ação é de curto prazo. Segundo ele, tais projetos devem entrar no ano que vem no porfólio da empresa.

Sobre custos de projetos de até 23 GW de energia eólica offshore (alto-mar), Tolmasquim disse que não é possível estimar valores ainda, pois a empresa está na etapa de estudos. Mas ele disse que a companhia só vai entrar em projetos eólicos offshore “rentáveis”.

Veja também

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.