Siga nossas redes

Análise

Morning Call: cautela com juros e inflação, as bolsas globais operam estáveis

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 3 minutos

Cenário global e bolsa de valores

Os mercados internos retornam de feriado nesta terça-feira com as bolsas globais a caminho de novos recordes, depois de o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e o líder chinês, Xi Jinping, terem conversado virtualmente por três horas. A conversa entre os líderes das duas maiores economias do mundo é considerada como um esforço para melhorar as relações e evitar um confronto direto. Mais tarde, o foco se volta para dados de vendas no varejo, preços de importados e produção industrial nos Estados Unidos, que darão outra indicação da saúde da maior economia do mundo. O medo da inflação e de uma alta antecipada do juro nos Estados Unidos seguiu no radar do investidor em NY, nesta 2ªF, tirou fôlego das bolsas e impulsionou o dólar e os rendimentos dos Treasuries, freando o EWZ e parte dos ADRs brasileiros.

As bolsas na Europa avançam majoritariamente nesta manhã, sob impulso de balanços, BCE dovish e sinais de alívio nas tensões entre China e EUA. A presidente Christine Lagarde, reiterou que considera “muito improvável” as condições para alta do juro serem  atingidas em 2022. Balanços se sobrepuseram às preocupações com a inflação e a aceleração de casos de covid na Europa. O PIB da Zona do euro subiu 2,2% no 3ºTRI 2021; na comparação anual +3,7%, em linha com as projeções. 

Futuros: Dow Jones (-0,04%), S&P 500 (-0,12%), Nasdaq (-0,15%); Índice de dólar DXY: + 0,15% (95.550 pontos); Petróleo: Brent a US$ 82,59 (+0,66%); WTI a US$ 81,27 (+0,48%); Ouro: + 0,44%, a US$ 1.874,90 a onça-troy na Comex; Treasuries: T-Note de 10 anos a 1,59570 (de 1,62050).

Cenário no Brasil 

Hoje é importante o IBC-Br no Brasil (9h), enquanto o mercado continua à espera de uma solução para o Auxílio Brasil.  O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, participa de evento em Lisboa e à tarde fala em vídeo gravado no evento que comemora um ano do Pix. Já a diretora de Assuntos Internacionais, Fernanda Guardado, faz palestra sobre Brasil e conjuntura internacional na Aberj às 10h. Enquanto isso, o presidente Jair Bolsonaro está em visita ao Bahrein, depois de deixar Dubai.

Ibovespa

O Ibovespa fechou em baixa na sexta-feira, reflexo de realização de lucros após três altas seguidas e tendo um fim de semana prolongado no horizonte, com Natura&Co e Magazine Luiza caindo após resultados e perspectivas frustrarem investidores. IBOV: -1,17%, a 106.334,54 pontos; Volume financeiro: R$ 31,7 bi.

O IBOV entrou em uma tendência de baixa no longo prazo ao cruzar abaixo da média móvel de 200 períodos e formar topos e fundos descendentes, além disso, um movimento de queda no curto prazo já foi consolidado, após operar abaixo da média móvel curta (21 períodos) e romper o fundo formado no dia 20 de setembro aos 107.500 pontos. Qualquer movimento positivo neste momento será considerado um repique de alta, dentro da tendência principal de baixa, portanto é necessário mais tempo e mais confirmações para reverter esta tendência.

Indicadores econômicos e eventos
Brasil/FGV: IPC-S semanal (8h)
FGV: IGP-10 de novembro (8h)
Boletim Focus (8h25)
BC: IBC-Br de setembro (9h)
EUA: Vendas no varejo (10h30)
EUA: produção industrial (11h15)
EUA: estoques de petróleo (18h30)

Operar pelo Home Broker do Nu invest está ainda mais rápido e com um novo visual. Comece agora!

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Novidade Carteita TOP FII Junho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu