Siga nossas redes

Análise

Morning Call: Ibovespa briga pelos 100 mil pontos

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Destaques:

  • Hoje, as bolsas abrem próximas da estabilidade, com dúvidas sobre a velocidade de recuperação da economia global e dados abaixo do esperado na Zona do Euro;
  • O PMI Composto (industrial e serviço) da zona do euro caiu a 51,6 pontos, abaixo da projeção de 54,7. Porém ainda em zona de expansão ao ficar acima de 50 pontos;
  • Há instantes, o S&P 500 futuro caia em torno de 0,16% e o índice europeu Stoxx 600 sobe 0,12%;
  • Mais cedo, na Ásia, as altas das empresas de tecnologia em NY contagiaram as bolsas asiáticas; Xangai (+0,50%), Hong Kong (+1,30%), Nikkei (+0,17%).
Conheça o canal gratuito do Espaço Trader Easynvest no Telegram totalmente dedicado à Renda Variável. Tudo que você precisa para tomar as melhores decisões de investimentos, na palma da sua mão! Clique aqui. Twitter: @jfalcao_castro   

Cenário global e bolsa brasileira:

  • Ontem, em Nova York, as ações de empresas de tecnologia voltaram a mostrar suas forças, puxando os índices para cima, mesmo com a alta dos pedidos de auxílio-desemprego semanal;
  • As protagonistas, como de costume, foram: Amazon (+1,11%), Alphabet (+2,03%), Facebook (+2,44%), Apple (+2,16%) e Microsoft (+2,31%);
  • O Ibovespa caiu no início do pregão, abalado pela derrota do governo no Senado na questão do reajuste dos servidores públicos. Mas o índice reagiu após o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, mostrar sua firmeza contra o veto do reajuste;
  • O Ibovespa oscilou 2 mil pontos durante o pregão, para fechar em alta de 0,61%, aos 101.467,87 pontos, e giro financeiro de R$ 28,3 bilhões.

Análise Gráfica – IBOV:

  • No gráfico diário do índice Bovespa, apesar de romper abaixo dos 100 mil pontos ontem, o IBOV conseguiu um respiro final para fechar acima deste nível, porém sem grandes alterações no padrão gráfico atual. O índice continua preso sobre as médias móveis curtas (9 e 21 períodos) e com grande possibilidade de testar novamente o nível dos 100 mil pontos;  
  • O momento ainda é de cautela e atenção. Para retomar a tendência de alta, o IBOV precisa consolidar-se acima das médias móveis curtas (9 e 21 períodos) para depois buscar a resistência em torno de 105 mil pontos.
  • Suporte: 100.000 (mínima de 4 de agosto)
  • Resistência: 105.500 (máxima do dia 21 de julho)
Indicadores
Brasil:
Indicador de Expectativa de Inflação dos Consumidores (agosto) (FGV)
EUA:
Confiança do Consumidor (Conference Board) 
PMI Industrial e Serviços (Markit) 
Baker Hughes: poços de petróleo em atividade
Europa:
Zona do Euro: PMI Industrial e Serviços (Markit) / Confiança do Consumidor 
Alemanha: PMI Industrial e Serviços (Markit)
Reino Unido:  PMI Industrial e Serviços (Markit) / Vendas no Varejo  

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

Que tal investir com toda a experiência e conhecimento dos melhores gestores do mercado? Escolha seus Fundos de Investimento na Easynvest!

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.