Siga nossas redes

Boletim IN$

Americanas derrete mais 38%; entenda os motivos de outro tombo da ação

Programa traz ainda um resumo de notícias de economia que mexeram com o fechamento do mercado.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

O que voltou a impactar negativamente a ação da Americanas (AMER3)?

Após o fôlego no pregão da última sexta-feira (13), os efeitos do rombo bilionário na contabilidade da Americanas continuou a refletir nas ações da varejista nesta segunda-feira (16), que voltaram a fechar em forte queda.

A Americanas obteve na sexta-feira decisão da Justiça protegendo-a por 30 dias contra vencimento antecipado de dívidas, prazo que a varejista poderá usar para obter uma acordo com credores ou pedir uma recuperação judicial. Já nesta segunda-feira, a varejista comunicou que seu conselho de administração contratou a Rothschild & Co. para atuar como interlocutora da companhia na renegociação da dívida, em nível Brasil e internacional. Entenda como analistas avaliaram as decisões.

Outros destaques no cenário corporativo são o anúncio da GP Investments que contempla uma Oferta Pública de Ações voluntária (OPA) para comprar 100% do capital da empresa de investimentos em imóveis da BR Properties (BRPR3) ao preço de R$ 1,60 por papel, e a publicação do colunista Lauro Jardim, do jornal “O Globo”, de que a varejista de moda Lojas Renner (LREN3) está em negociações preliminares para a compra da C&A  (CEAB3) no Brasil.

O BLTM traz um resumo de notícias de economia que mexeram com o fechamento do mercado, cotação do dólar, bitcoin e Ibovespa no dia, além das ações que mais subiram e mais caíram.

A apresentação é da jornalista Fabiana Ortega.

Veja também:

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.