Siga nossas redes

Cafeína

Taxas de bancos e corretoras podem passar de R$ 2.640 ao ano. Como economizar?

O Cafeína preparou um levantamento com a média de quanto é desembolsado no ano pelo brasileiro médio e traz dicas de onde investir este dinheiro.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 1 minuto

R$ 2.640. É a média que o brasileiro correntista e investidor paga por taxas bancárias, de corretagem e na anuidade do cartão de crédito no decorrer de doze meses.

A questão é que muitos não colocam esse custo no papel, muito menos em uma planilha. E dessa forma fica difícil ter uma ideia concreta do quanto se paga em tarifas e taxas.

Àqueles que investem seu dinheiro, faz-se ainda mais necessário saber o quanto incide em taxas e emolumentos a cada compra e venda de um determinado ativo. Isso porque é o que de fato vai sinalizar se determinado investimento vale ou não a pena ser feito. Quando os valores investidos são mais baixos, as taxas de corretagem acabam por pesar mais na rentabilidade.

O Cafeína preparou um levantamento completo com a média de quanto é desembolsado no decorrer do ano pelo brasileiro médio e traz dicas de onde investir este dinheiro.

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.