Siga nossas redes

Hypera

HYPERA ON EJ NM
33,45
Reais (BRL - R$)
-0,59% Variação (Dia)
33,31 Mínimo (Dia)
33,95 Máximo (Dia)
Fechamento Anterior: 33,65
Abertura: 33,74

A Hypera Pharma (HYPE3) é uma companhia de capital aberto listada na B3 no setor de distribuição e produção de medicamentos e produtos de higiene pessoal, sendo uma das maiores no Brasil e na América Latina. 

Fundada em 2001, a Hypera Pharma atua nos segmentos de Produtos de Prescrição, Skincare, Consumer Health (OTC) e Similares e Genéricos. Está listada como ADR OTC (over-the-counter) no mercado americano e é dona de marcas como Neosaldina, Engov, Rinosoro e Dramin.

História da Hypera Pharma

Fundada em 2001, a Hypera Pharma começou como uma empresa de varejo e distribuição de produtos de higiene pessoal. Foi em 2006 que, mediante a aquisição da DM Indústria Farmacêutica, começou a ingressar no mercado de fármacos. 

Além dela, Farmasa (2008), Neo Química (2009) e Mantecorp (2011) a companhia se posicionou como uma das principais no mercado nacional.

A década de 2010 foi uma década de consolidação das atividades da empresa. As operações de Cosméticos, Preservativos e Descartáveis foram vendidos – respectivamente para a Coty, Reckitt Benckiser Brasil e Ontex.

A partir de 2020, começou com a aquisição de marcas como Neosaldina, Dramin e Nebacetin, e a digitalização. A aquisição de health tech Simple Organic Beauty, em 2020, e a criação do e-commerce ihypera, em 2021, são exemplos disso.

Quem são os acionistas de HYPE3

Com 100% de tag along e free float de 63,28%, a companhia é controlada por João Alvares de Queiroz Filho, o uruguaio Alvaro Stainfeld Link e a holding mexicana Maiorem S.A. de C.V.

  • João Alves de Queiroz Filho, com 21,38% das ações ordinárias;
  • Alvaro Stainfeld Link com 0,12% das ações ordinárias;
  • Capital International Investors com 10,40% das ações ordinárias;
  • Maiorem S.A. de C.V. com 14,74% das ações ordinárias.

HYPE3 distribui dividendos?

Sim, HYPE3 realiza distribuição de dividendos. A companhia, entretanto, realizou distribuição irregular desde 2011, não tendo distribuído em 2012, 2014 e 2015. A menor distribuição foi em 2011, a R$ 0,12 por ação, e a maior, em 2018, a R$ 1,81. A companhia anuncia distribuições trimestralmente com mesma data de pagamento (nos últimos dois anos, em janeiro).

*Texto atualizado pela última vez em outubro de 2022.