Siga nossas redes

Natura

GRUPO NATURAON NM
16,76
Reais (BRL - R$)
-1,00% Variação (Dia)
16,70 Mínimo (Dia)
16,97 Máximo (Dia)
Fechamento Anterior: 16,93
Abertura: 16,89

A Natura & Co. é uma holding internacional de cosméticos e produtos de beleza. A companhia possui entre as suas marcas subsidiárias a Avon, a Natura, a Body Shop e a Aesop.

A empresa opera na Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, França, México e Peru, além do Brasil. A Natura possui cerca de 1,12 milhões de consultoras, mais de 3.600 lojas entre próprias e franqueadas, mais de 4 mil produtos em farmácias e plataforma online de vendas. 

História da Natura

Fundada em 1969 por Luiz Seabra em São Paulo, a marca Natura – que mais tarde viria a dar o nome da holding – surgiu como uma marca de fabricação própria de cosméticos e distribuição via influência social.

A companhia foi uma das primeiras a adotar o modelo de refil nos produtos e a se dedicar a uma linha de estética masculina no Brasil. Entre as décadas de 1980 e 1990 começou sua expansão internacional, abraçando os mercados da Argentina, Peru e Chile.

IPO e presença na Bolsa

O IPO da marca na B3 (B3SA3) ocorreu em 2004, sob o ticker NATU3. Após o IPO, a empresa começou a expansão para além da América Latina, inaugurando a primeira loja em Paris. Além disso, consolidou a presença no restante da América Latina com a construção de fábricas na Argentina, México e Colômbia.

Aquisições

A aquisição de novas marcas pela Natura ocorreu entre 2012 e 2020 – o grupo Aesop foi o primeiro a ser adquirido, em um processo de 4 anos de duração, entre 2012 e 2016. Na sequência, a britânica The Body Shop, em 2017, levou a criação da holding Natura & Co., englobando as três marcas: Natura, Aesop e The Body Shop.

Em 2020 consolidou o processo de fusão com a americana Avon. Nesse ponto houve uma mudança no ticker das ações, que passou a ser negociado como NTCO3. A fusão tornou o grupo o quarto maior do mundo no segmento, mas desde então as ações da Natura apresentaram queda, assim como o desempenho operacional.

Quem são os acionistas da NTCO3

Até junho de 2022, as ações da Natura possuíam um free float de 60,51%, negociadas exclusivamente enquanto ações ordinárias (ON). Entre as maiores posições acionárias, se destacam cinco investidores:

  • Antônio Luiz da Cunha Seabra, com 14,4% das ações da companhia;
  • Guilherme Peirão Leal, com 7,18% das ações da companhia;
  • Dynamo Administração de Recursos Ltda., com 5,13% das ações da companhia;
  • BlackRock Inc. (BLAK34), com 4,99% das ações da companhia;
  • Ricardo Pedroso Leal e Felipe Pedroso Leal, ambos com 3,28% das ações da companhia.

Os principais acionistas, Luiz Seabra e Guilherme Leal, são também os CEOs, sendo Luiz Seabra o fundador da empresa.

A Natura paga dividendos?

Sim, a Natura (NTCO3) paga dividendos. A empresa realizou uma distribuição de dividendos contínua e crescente entre 2008 e 2012, quando reduziu os valores para financiar as aquisições, cessando a distribuição em 2019. 

Em 2022 a companhia voltou a pagar dividendos, no valor de R$ 0,13, a um DY de 0,88%.

*Conteúdo foi atualizado em setembro de 2022*