Siga nossas redes

Economia

5 assuntos quentes para ficar de olho na semana

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

IPCA na meta

O mercado de juros reage na quinta-feira ao IPCA do último mês de 2023. O índice provavelmente terminou o ano passado dentro da faixa de tolerância da meta, no que seria uma grande vitória para o Banco Central comandado por Roberto Campos Neto, segundo Adriana Dupita, economista da Bloomberg Economics. A inflação fechou acima da meta em 2022 e 2021. Divulgações também incluem pesquisa Focus.

CPI nos EUA

Após payroll acima do previsto ofuscado por dado do ISM de serviços mais fraco, as perspectivas sobre os juros do Fed devem ser influenciadas no dia 11 pela divulgação do CPI americano de dezembro. A desaceleração da inflação ao consumidor deve ser revertida, com um índice cheio de 0,2%, ante 0,1% em novembro, enquanto o núcleo deve ficar estável em 0,3%, segundo estimativa da Bloomberg Economics. Semana ainda terá o PPI e falas de dirigentes do Fed como Raphael Bostic e John Williams.

Dados na China

Os preços de commodities como o minério de ferro podem reagir na semana à agenda de indicadores chineses. A segunda maior economia do mundo deve divulgar a balança comercial de dezembro. Na quinta-feira, saem o CPI e o PPI do mesmo mês.

Leilões do Tesouro

O Tesouro retoma nesta terça-feira a oferta de títulos pós-fixados, depois de ter retomado nesta quinta-feira os leilões semanais com a oferta de papeis prefixados. Foi vendido integralmente o lote de 7 milhões de NTN-F, com volume financeiro de R$ 6,8 bilhões, e 4,3 milhões de LTN, com volume de R$ 3,1 bilhões. De acordo com dados de vencimento da dívida no site do Tesouro, foram pagos ao redor de R$ 300 bilhões no dia 1º de janeiro. 

8 de janeiro

Os presidentes dos três poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário – promovem no Congresso nesta segunda-feira um ato em defesa da democracia, que deve relembrar um ano das manifestações que se seguiram à derrota do ex-presidente Jair Bolsonaro em 2022, e que terminaram em invasão e depredação de prédios públicos em Brasília.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.