Siga nossas redes

Economia

Biden escolhe Powell para 2° mandato como chair do Fed

Lael Brainard, diretora do Fed e outra candidata principal para o cargo, será a vice-chair.

Publicado

em

O chair do Federal Reserve dos EUA, Jerome Powell, durante entrevista coletiva em Washington, EUA, em 3 de março, 2020. REUTERS/Kevin Lamarque

O chair do Federal Reserve, Jerome Powell, foi nomeado para um segundo mandato de quatro anos pelo presidente norte-americano, Joe Biden, nesta segunda-feira, ampliando uma gestão que começou um tanto por acaso, sobreviveu a críticas ferozes do ex-presidente Donald Trump e agora deixa o ex-banqueiro de investimento a caminho de terminar a maior reformulação da política monetária dos Estados Unidos desde a década de 1970.

Lael Brainard, diretora do Federal Reserve que era a outra candidata principal para o cargo, será vice-chair, disse a Casa Branca.

“Embora ainda haja mais a ser feito, fizemos um progresso notável nos últimos 10 meses para fazer os norte-americanos voltarem ao trabalho e colocar nossa economia em movimento novamente”, disse Biden, um democrata, em comentários enviados a repórteres.

“Esse sucesso é uma prova da agenda econômica que persegui e da ação decisiva que o Federal Reserve tomou”, afirmou Biden.

Powell, de 68 anos, precisará ser confirmado pelo Senado, atualmente controlado pelo partido Democrata de Biden, mas estreitamente dividido.

A decisão de manter Powell, um republicano e ex-advogado de private equity elevado ao cargo principal do Fed por Trump, restaura o que nas últimas décadas tinha sido uma abordagem bipartidária para preencher o cargo, e vários senadores republicanos já endossaram sua recondução, apesar da instabilidade do relacionamento de Powell com Trump.

Veja também

Invista com rentabilidade altíssima alavancando seus ganhos! Invista em Índice!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!