Siga nossas redes

Economia

Lucro do FGTS: saiba calcular quanto você vai receber

Trabalhadores terão direito a 96% de um lucro de R$ 8,46 bilhões obtido em 2020; veja como calcular.

Publicado

em

FGTS

Trabalhadores com carteira assinada receberão em suas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a distribuição de 96% do lucro obtido em 2020, de R$ 8,46 bilhões (R$ 8,129 bilhões). Com isso, a rentabilidade sobre das contas subirá para 4,92% este ano. Mas como saber quanto cada trabalhador vai receber em sua conta?

Pela regra atual, as contas do FGTS têm uma rentabilidade de 3% ao ano, mais a taxa referencial (TR), hoje zerada, além da distribuição do lucro do ano anterior entre os trabalhadores com carteira assinada. O pagamento do lucro será feito até 31 de agosto.

Lucro do FGTS: quanto vou receber?

Levando em conta o lucro distribuído de R$ 8,129 entre todos os trabalhadores, para cada R$ 1 mil de saldo na conta do FGTS no final de 2020, serão pagos R$ 18,63. Por exemplo, quem tinha R$ 10 mil na conta nesse período vai receber R$ 186,30.

Quem tinha R$ 2 mil terá crédito de R$ 37,27, com o valor subindo para R$ 93,17 para quem tinha R$ 5 mil no fim de 2020.

Para calcular quanto você vai receber do lucro do FGTS, é preciso multiplicar o saldo da sua conta no último dia de 2020 por 0,01863517.

Como consultar o saldo do FGTS

O trabalhador tem dois meios principais para verificar o saldo do FGTS. O primeiro é o aplicativo FGTS, disponível para os telefones com sistema Android e iOS. O segundo é a consulta do extrato do fundo, no site da Caixa Econômica Federal.

Quem não puder fazer a consulta pela internet deve ir a qualquer agência da Caixa pedir o extrato no balcão de atendimento. O banco também envia o extrato do FGTS em papel a cada dois meses, no endereço cadastrado.

Quem mudou de residência deve procurar uma agência da Caixa ou ligar para o número 0800-726-0101 e informar o novo endereço.

FGTS ganha da poupança e inflação

Como no ano passado a inflação medida pelo IPCA foi de 4,52%, o ganho real para os cotistas será de 0,4%. Em comparação, a poupança no período rendeu 2,11%.

Em relação à caderneta de poupança, o FGTS teve rendimento ainda mais vantajoso. No ano passado, a poupança rendeu apenas 2,11%, influenciada pela redução da taxa Selic, os juros básicos da economia, para o menor nível da história por causa da pandemia de covid-19.

Em 2020, o resultado do FGTS foi de R$ 8,468 bilhões, sendo que a proposta do Ministério da Economia foi de distribuição de R$ 8,129 bilhões.

Quando o lucro do FGTS será pago?

O depósito dos recursos será feito até o final de agosto, ocorrendo de maneira proporcional ao saldo das contas mantidas pelos trabalhadores na data de 31 de dezembro.

Segundo o governo, cerca de 191,2 milhões de contas serão beneficiadas. Juntas, elas acumulavam um saldo de R$ 436,2 bilhões ao fim do ano passado.

No ano base de 2019, a remuneração do FGTS foi de 4,9%, ante IPCA de 4,31% e rendimento da poupança de 4,26%.

Saques do FGTS

Em 2020, o FGTS ganhou novas modalidades de saque, além do habitual (que é quando um trabalhador é demitido sem justa causa, término do contrato de trabalho, compra da casa própria ou aposentadoria).

Até 31 de dezembro do ano passado, foi liberado o FGTS emergencial, com direito ao saque de até R$ 1.045 para qualquer pessoa que tivesse uma conta no fundo de garantia. Também foi liberado o saque-aniversário, que permite a retirada de parte do saldo da conta anualmente no mês de nascimento.

As duas modalidades de saques extraordinários foram criadas na pandemia para ser um dinheiro extra para quem teve a renda comprometida. Com a crise econômica causada pela covid-19, o percentual de famílias endividadas atingiu um recorde histórico de 67,1% em junho do ano passado, segundo a pesquisa de endividamento e inadimplência do consumidor, realizada pela CNC (Confederação Nacional do Comércio).

*Com Agência Brasil

Veja também

Faça seu dinheiro começar a render mais hoje! Vem pro Nu invest!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.