Siga nossas redes

Economia

PIB contrai 0,1% no 3º tri e país entra em recessão técnica

Em relação ao terceiro trimestre de 2020, o PIB apresentou expansão de 4,0%.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 4 minutos

agronegócio

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil registrou contração no terceiro trimestre, na segunda queda trimestral seguida, resultado que indica recessão técnica da economia brasileira. A economia teve retração de 0,1% na comparação com os três meses anteriores, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (2).

No segundo trimestre a economia brasileira havia registrado queda de 0,4% na mesma base de comparação. Dois trimestres seguidos de contração são considerados como recessão técnica.

A expectativa em pesquisa da “Reuters” era de estabilidade no terceiro trimestre sobre os três meses anteriores. Em relação ao terceiro trimestre de 2020, o PIB apresentou expansão de 4,0%, contra expectativa alta de 4,2% nessa base de comparação.

PIB por setores

Do lado da oferta, o PIB da agropecuária caiu 8,0% no terceiro trimestre de 2021 ante o segundo trimestre. Na comparação com o terceiro trimestre de 2020, o PIB da agropecuária mostrou queda de 9,0%.

Já o PIB de serviços subiu 1,1% no terceiro trimestre de 2021 ante o segundo trimestre, segundo o IBGE. Na comparação com o terceiro trimestre do ano passado, o PIB de serviços teve alta de 5,8%.

O Produto Interno Bruto da indústria ficou estável (0,0%) no terceiro trimestre de 2021 ante o segundo trimestre. Na comparação com o terceiro trimestre de 2020, o PIB da indústria mostrou alta de 1,3%.

Do lado da demanda, o consumo das famílias subiu 0,9% no terceiro trimestre de 2021 ante o segundo trimestre, informou o IBGE. Na comparação com o terceiro trimestre de 2020, o consumo das famílias mostrou alta de 4,2%.

consumo do governo, por sua vez, subiu 0,8% no terceiro trimestre de 2021 ante o segundo trimestre. Na comparação com o terceiro trimestre de 2020, o consumo do governo mostrou alta 3,5%.

Revisão do PIB do 2º trimestre

A economia brasileira contraiu no segundo trimestre de 2021 mais do que o inicialmente estimado, mostraram dados divulgados pelo IBGE.

Entre abril e junho, o PIB recuou 0,4%, depois de a instituição ter divulgado anteriormente queda de 0,1% na comparação com os três meses anteriores. Por outro lado, a leitura do primeiro trimestre foi elevada em 0,1 ponto percentual, a um crescimento de 1,3%.

Expectativas e reação do governo

 A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia avaliou nque mais importante que o número do Produto Interno Bruto do terceiro trimestre é a sua qualidade, defendendo que um cenário pessimista da atividade econômica é “pouco provável” em função dos dados positivos do mercado de trabalho.

Em nota, a SPE reiterou expectativa de crescimento da economia superior “a 5,0% em 2021 e maior que 2,0% em 2022″. As projeções contrastam com a mediana das estimativas do mercado de 4,78% e 0,58%, respectivamente, conforme apontado pelo boletim Focus mais recente.

Como é a soma do PIB?

O PIB pode ser calculado de duas maneiras. A primeira, é a soma das riquezas produzidas dentro de um país. Neste caso, empresas nacionais e estrangeiras. Neste cálculo, entram os resultados da indústria- que correspondem a 30% do total do PIB. Serviços, correspondem a 65% e agropecuária, 5%.

Outra maneira de calcular é pela ótica da demanda. Ou seja, de quem compra essas riquezas. Neste cálculo, são considerados o consumo das famílias, que equivale a 60%; o consumo do governo, 20%; investimentos do governo e de empresas privadas (18%) e a soma das exportações e importações (2%).

(*Com informações de Reuters e Estadão Conteúdo)

Veja também

Operar pelo Home Broker do Nu invest está ainda mais rápido e com um novo visual. Comece agora!

Anúncio Patrocinado Super Week Temporada de balanços Super Week Temporada de balanços
ANÚNCIO PATROCINADO      Conheça a carteira recomenda de dividendos

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Carteira Top 10