Siga nossas redes

Economia

‘Prévia’ do PIB do Banco Central registra alta de 0,18% em novembro

Este é o melhor resultado para o mês de novembro desde 2014.

Publicado

em

Por Estadão Conteúdo

O relatório do índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), divulgado nesta quinta-feira (16), apontou um crescimento no nível de atividade da economia brasileira em novembro.

O indicador é uma espécie de prévia do Produto Interno Bruto (PIB), soma de bens e serviços produzidos no país, que serve para medir a evolução da economia. A projeção atual do BC para a atividade doméstica em 2019 é de avanço de 1,2%. Para 2020, a estimativa é de 2,2%.

O IBC-Br aponta um crescimento de 0,18% em novembro de 2019, em comparação com o mês de outubro do mesmo ano.

O índice de atividade calculado pelo BC passou de 139,49 pontos para 139,74 pontos na série dessazonalizada de outubro para novembro. Este é o maior patamar para o IBC-Br com ajuste desde junho de 2015 (139,87 pontos).

Na comparação entre os meses de novembro de 2019 e de 2018, teve uma alta de 1,10% na série sem ajustes sazonais (variação atípica para um período). Esta série encerrou com o IBC-Br em 139,16 pontos em novembro. Este é o melhor resultado para o mês desde novembro de 2014 (144,92 pontos).

O IBC-Br acumulou alta de 0,95% em 2019 até novembro. O porcentual diz respeito à série sem ajustes sazonais. Pela mesma série, o IBC-Br apresenta alta de 0,90% nos 12 meses encerrados em novembro.

Compre ações através da melhor plataforma do mercado: Invista pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.