Siga nossas redes

Finanças

Ação da Evergrande derruba bolsas e aprofunda crise nos mercados

Minério de ferro recuou mais de 8% no porto de Qingdao, enquanto índice de Hong Kong bateu a mínima em quase um ano.

Publicado

em

Evergrande
Visãio externa do China Evergrande Centre em Hong Kong 26/03/2018. REUTERS/Bobby Yip/File Photo

A crise da incorporadora chinesa Evergrande contaminou os mercados asiáticos na manhã desta segunda-feira (20). A empresa, que enfrenta graves problemas de liquidez, começou a pagar com imóveis os investidores em seus produtos de gestão, disse uma unidade de sua principal empresa, Hengda Real Estate Group Co Ltd.

As ações da empresa despencaram mais de 10% nesta segunda-feira (20), depois de chegarem a cair até 19%, para mínimas em 11 anos derrubando o mercado de Hong Kong para uma mínima em quase um ano.

A unidade de gestão de propriedades da empresa caiu 11,3%, enquanto a unidade de carros elétricos perdeu 2,7%. A empresa de streaming de filmes Hengten Net, da Evergrande, despencou 9,5%.

Investidores estão preocupados sobre a capacidade da empresa de pagar uma pequena fatia de sua dívida de US$ 305 bilhões que vence a quinta-feira.

Nesta manhã, o preço do minério de ferro negociado no mercado à vista no porto chinês de Qiongdao desabou 8,8%, caindo abaixo de US$ 100 por tonelada pela primeira vez em quase 15 meses. Com isso, a commodity acumula desvalorização de 42% em 2021.

“As ações continuarão caindo porque ainda não há uma solução que pareça ajudar a empresa a aliviar o estresse de liquidez, e ainda há muitas incertezas sobre o que ela fará no caso de reestruturação”, disse Kington Lin, diretor de gestão de ativos da Canfield Securities.

Provisões para perdas

Um dos principais credores de Evergrande fez provisões para perdas em uma parte de seus empréstimos para a empresa, enquanto alguns planejam dar mais tempo para pagar, disseram quatro executivos de banco à Reuters.

A incorporadora disse no domingo que começou a reembolsar os investidores em seus produtos de gestão de fortunas com imóveis.

O Banco do Povo, seu banco central e o órgão de supervisão bancária da China, convocaram os executivos da Evergrande em agosto e alertaram que é necessário reduzir seus riscos de dívida e a estabilidade prioritária.

A Evergrande tem que pagar 83,5 milhões de dólares em juros em 23 de setembro. Ela tem outro pagamento de juros de 47,5 milhões com vencimento em 29 de setembro. Ambos os títulos entrariam em default se Evergrande não liquidar os juros dentro de 30 dias das datas de pagamento programadas.

Em qualquer cenário de inadimplência, a Evergrande precisará reestruturar os títulos, mas os analistas esperam um baixo índice de recuperação para os investidores.

O estresse também tem pressionado o setor imobiliário mais amplo, bem como o iuan, que caiu para uma mínima de três semanas de 6,4831 por dólar.

As ações da Sunac, quarta maior incorporadora imobiliária da China, caíram 10,5%, enquanto a Greentown China, apoiada pelo Estado, caiu 6,7%.

Crise na Evergrande

A Evergrande, com mais de US$ 300 bilhões em passivos, está passando por uma crise de liquidez que a deixou correndo para levantar fundos para pagar seus muitos credores e fornecedores. A empresa tem um pagamento de juros de bônus de US$ 83,5 milhões vencendo na próxima quinta-feira.

“Faz parte de uma correção que de certa forma já deveria ter acontecido, e reflete parcialmente as incertezas sobre as perspectivas de crescimento”, disse Shane Oliver, chefe de estratégia de investimento da AMP Capital.

A empresa disse em uma postagem do WeChat datada de sábado que os investidores interessados ​​em resgatar produtos de gestão de fortunas com ativos físicos devem entrar em contato com seus consultores de investimento ou visitar escritórios locais.

O canal de notícias financeiras Caixin informou no domingo que cerca de 40 bilhões de iuanes (US$ 6 bilhões) em produtos de gestão de fortunas Evergrande estão pendentes. Esses produtos são normalmente mantidos por investidores de varejo.

Detalhes e métodos de pagamento específicos estão sujeitos às condições locais, disse um representante do atendimento ao cliente à Reuters no domingo.

De acordo com uma proposta vista anteriormente pela “Reuters” que a Evergrande não confirmou, os investidores em produtos de gestão de fortunas podem escolher entre apartamentos, escritórios, espaços de varejo ou estacionamentos com descontos para reembolso.

No início deste mês, um documento na bolsa de valores mostrou que a Evergrande havia pago 219,5 milhões de iuanes em dívidas vencidas devido ao fornecedor Skshu Paint Co Ltd na forma de apartamentos em três projetos imobiliários inacabados.

Em 10 de setembro, Evergrande prometeu reembolsar todos os seus produtos de gestão de patrimônio vencidos o mais rápido possível.

*Com Reuters e agências.

Veja também

Compre Ações em apenas 3 cliques e aproveite taxa ZERO de corretagem! Invista já

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!