Siga nossas redes

Finanças

Bolsa sobe 2,21% com alta de Trump e trégua entre Maia e Guedes

Esta foi a maior alta do índice desde 1º de setembro

Publicado

em

por

Investnews
bolsa de valores

O Ibovespa voltou a subir com melhora na saúde de Donald Trump, presidente dos EUA. Após ser diagnosticado com covid-19, ele apresentou melhorias e deve receber uma dose de remdesivir antes de sair do hospital. O mandatário americano afirmou que pode sair de alta hoje.

O dado animou os investidores em Wall Street e as bolsas americanas fecharam em alta. Dow Jones avançou 1,68%, Nasdaq subiu 2,32% e S&P 500 valorizou 1,81%.

E o Ibovespa, principal índice da B3, seguiu o otimismo no exterior e fechou em alta de 2,21% aos 96.089 pontos nesta segunda-feira (5). Esta foi a maior alta do índice desde 1º de setembro quando avançou 2,82%.

Além da recuperação de Trump, deram ritmo aos negócios a esperança de um novo pacote fiscal para ajudar a economia americana. E no Brasil os indicadores não desapontaram, o índice PMI de serviços subiu de 49,5 pontos em agosto para 50,4 em setembro.

Nos Estados Unidos, o setor de serviços medido pelo ISM também avançou para 57,8 em setembro.

O dólar comercial fechou em queda de 1,76%, cotado a R$ 5,566. Na máxima do dia a moeda americana chegou a R$ 5,675.

LEIA MAIS:

No cenário interno, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia animou o mercado ao defender a união de esforços na política para resolver os problemas fiscais antes da aprovação do Renda Cidadã. O humor dos investidores melhorou com as tentativas de Bolsonaro de apaciguar a equipe.

Ainda de tarde o relator da PEC emergencial, Marcio Bittar afirmou que respeitará o teto de gastos no Renda Cidadã o que melhorou ainda mais o cenário.

Maia também estaria cedendo para melhorar a sua relação com Paulo Guedes. Eles devem se encontrar hoje à noite na casa de Bruno Dantas, ministro do Tribunal de Contas da União para retomar os diálogos.

Apesar dos avanços na política os investidores permanecem de olho nas contas públicas e apostando na alta da taxa Selic ainda em 2020.

Entre as commodities, os papéis da Vale (VALE3) subiram com força com notícia de possível parceria com a norte-americana Tesla para venda de níquel. Os papéis da companhia fecharam em alta de 2,18%.

Os preços dos contratos futuros do petróleo puxaram as ações da Petrobras. As ações preferências (PETR4) avançaram 5,31%, seguidas pelas ordinárias (PETR3) com alta de 4,90%.

O petróleo Brent para dezembro teve alta de 5,14%, cotado a US$ 41,90 o barril. Enquanto o WTI para novembro subiu 5,85%, cotado a US$ 39,22 o barril.

Boletim Focus

Os economistas do mercado financeiro alteraram a previsão para o IPCA – o índice oficial de preços – em 2020. O Relatório de Mercado Focus divulgado nesta segunda-feira, pelo Banco Central, mostra que a mediana para o IPCA neste ano foi de alta de 2,05% para 2,12%. Há um mês, estava em 1,78%.

Houve manutenção no cenário para a moeda norte-americana em 2020. As expectativas para o câmbio no fim do ano seguiram em R$ 5,25. A mediana das previsões para a Selic neste ano seguiu em 2,00% ao ano.

O PIB parece melhor. Para a economia este ano, mudaram as projeções de retração de 5,04% para queda de 5,02%. Há quatro semanas, a estimativa era de baixa de 5,31%.

Destaques da bolsa

Entre os destaques positivos do dia subiram IRB Brasil (IRBR3) com alta de 6,92%. A companhia segue em ritmo de forte valorização após divulgar os resultados de julho e anunciar recentemente a emissão de até R$ 900 milhões de debêntures simples. Na semana passada a Standard & Poor’s atribuiu nota AAA a resseguradora.

Subiu também a PetroRio (PRIO3) que avançou 6,59%, seguindo os preços do petróleo internacional. E a Gerdau Metalúrgica (GOAU4) com valorização de 6,59%.

Entre as maiores quedas do dia recuaram a CVC Brasil (CVCB3) com baixa de 2,82%. Os investidores repercutem ainda os resultados do 1º trimestre e instabilidade da companhia.

Caiu a Cogna (COGN3) com desvalorização de 1,67%. A companhia teve recomendação reduzida pelo JPMorgan de neutra para underweight, com preço alvo de R$ 5.

Seguida da Embraer (EMBR3) que fechou em baixa de 1,08%.

Bolsas americanas

As bolsas de Nova York fecharam o pregão desta segunda-feira (5) em alta, após o presidente americano, Donald Trump, confirmar que deixará o hospital e continuará o tratamento para covid-19 na Casa Branca. Além disso, a perspectiva de um possível novo pacote fiscal nos Estados Unidos também gerou otimismo entre os investidores.

No fechamento da sessão, o índice acionário Dow Jones subiu 1,68%, a 28.148,64 pontos, o S&P 500 avançou 1,80%, a 3.408,60 pontos, e o Nasdaq ganhou 2,32%, a 11.332,49 pontos.

“Estou me sentindo muito bem!”, escreveu Trump em sua conta oficial no Twitter ao anunciar que sairá do hospital. O republicano está internado no centro médico Walter Reed desde sexta-feira, após ter anunciado que estava com covid-19. As bolsas de NY, que já registravam alta, aceleraram os ganhos após o tweet de Trump.

A equipe médica do presidente dos EUA disse que ele “cumpriu ou excedeu” todos os requisitos para deixar o hospital, mas que não está totalmente fora de perigo. “Estamos cautelosamente otimistas”, afirmou o médico Sean Conley, em uma coletiva de imprensa.

“As ações abriram solidamente em alta devido à melhora de saúde do presidente Trump”, escreveram analistas da LPL Financial logo após a abertura do pregão em NY. Os profissionais da corretora americana também atribuíram o bom humor no mercado financeiro às negociações em Washington por mais estímulos fiscais.

A presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, conversaram hoje por telefone “por aproximadamente uma hora” para tentar chegar a um entendimento. Em entrevista à MSNBC, entretanto, Pelosi disse que o pacote fiscal dependerá dos republicanos.

Entre os indicadores da economia americana que foram divulgados hoje, o índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto caiu de 54,6 em agosto para 54,3 em setembro, já o índice de atividade do setor de serviços, medido pelo ISM, subiu de 56,9 para 57,8 no mesmo período.

No S&P 500, o subíndice do setor de energia liderou os ganhos (+2,9%), seguido pelo do setor de tecnologia (+2,27%). As ações da Chevron subiram 2,12%, as da Apple avançaram 3,08% e as da Amazon registraram alta de 2,37%.

*Com Estadão Conteúdo

Ganhar dinheiro com Ações pode ser bem mais fácil que parece. Invista pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.