Siga nossas redes

Finanças

Após fala de Trump, bolsas da Ásia fecham no menor nível em anos

Novo tombo acontece após os EUA restringirem voos da Europa para conter a disseminação do novo coronavírus e OMS declarar doença como pandemia.

Publicado

em

por

Estadão Conteúdo
bolsa

As bolsas da Ásia e Pacífico fecharam em forte queda nesta quinta-feira (12), tocando os menores níveis em anos e com a de Tóquio entrando em “bear market“, após os EUA restringirem voos da Europa para conter a disseminação do novo coronavírus e a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificar a doença como pandemia.

O Nikkei, de Tóquio, sofreu um tombo de 4,41% hoje, a 18.559,63 pontos, atingindo o menor patamar desde abril de 2017 e adentrando “bear market” – o que significa que o índice acionário japonês acumulou perdas de mais de 20% desde seu pico mais recente.

Ontem à noite, o presidente americano, Donald Trump, anunciou a suspensão de todos os voos da Europa para os EUA por um período de 30 dias, com exceção feita ao Reino Unido, como parte de uma estratégia para conter o avanço do coronavírus. Trump esclareceu posteriormente, no Twitter, que a decisão não afeta o comércio com a Europa.

Antes disso, a OMS declarou que a rápida expansão da doença pelo mundo já se configura como uma pandemia.

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng caiu 3,66% em Hong Kong hoje, a 24.309,07 pontos, encerrando o pregão também no menor nível desde abril de 2017, enquanto o sul-coreano Kospi recuou 3,87% em Seul, a 1.834,33 pontos, patamar mais baixo desde agosto de 2015, e o Taiex registrou queda de 4,33% em Taiwan, a 10.422,32 pontos.

Na China continental, as perdas foram relativamente mais contidas, após sinalização de novos estímulos de Pequim. O Xangai Composto teve baixa de 1,52%, a 2.923,49 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto se desvalorizou 2,20%, a 1.818,56 pontos. Segundo comunicado de reunião do Conselho Estatal, a China vai reduzir os compulsórios bancários mais uma vez, a exemplo do que fez em janeiro, para impulsionar o crédito a pequenas e médias empresas afetadas pelo coronavírus.

Expectativa de novas medidas

O mau humor na Ásia prevaleceu apesar de esforços recentes de vários governos e bancos centrais para conter o impacto do coronavírus. Hoje, a expectativa é que o Banco Central Europeu (BCE) anuncie uma série de medidas em reação à doença.

Na Oceania, a bolsa australiana, que já tinha entrado em “bear market” ontem, voltou a despencar nesta quinta, ignorando pacotes de estímulos anunciados pelo governo do país nos últimos dias. O S&P/ASX 200 caiu 7,36% em Sydney, a 5.304,60 pontos, menor nível desde novembro de 2016.

Conheça a melhor plataforma de investimentos do Brasil: acesse a Easynvest e comece a ganhar dinheiro agora!

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.