Siga nossas redes

Finanças

O que a temporada de balanços do 2º tri mostrou até agora?

Levantamentos feito por Economática e XP Investimentos apontam que, no geral, os resultados vieram positivos.

Publicado

em

Homem faz análise de investimentos

A temporada de balanços financeiros referente ao segundo trimestre de 2021 está quase chegando ao fim. Em meio à reabertura econômica e o início da vacinação observados no período entre abril e junho, os resultados, em um contexto geral, foram positivos, de acordo com levantamentos feitos pela Economatica e XP Investimentos.

Estudo da Economatica, elaborado a partir da análise de demonstrativos financeiros de 277 empresas não financeiras, mostra que o lucro dessas companhias cresceu 1.012% no segundo trimestre de 2021, em relação ao mesmo intervalo de 2020, de R$ 6,67 bilhões para R$ 74,28 bilhões.

A análise não leva em conta Petrobras (PETR3, PETR4) e Vale (VALE3) já que as empresas reportaram resultados elevados, o que poderia distorcer os números. Ao incluir as duas companhias, o lucro salta para R$ 157,2 bilhões, quantia 1.599,3% superior ao do mesmo período de 2020.

Já a receita líquida operacional, sem levar em conta os números da petroleira e da mineradora, chegou a R$ 613,8 bilhões, valor 47,3% superior ao do mesmo período de 2020 quando as mesmas empresas faturaram R$ 416,7 bilhões. Com Vale e Petrobras, a receita cresceu 59,9%, para R$ 812,36 bilhões.

Setor mais lucrativo

Ainda segundo o estudo, ao analisar os setores industrial ou de serviços, o segmento de energia elétrica, com 33 empresas, obteve o maior lucro nominal no segundo trimestre de 2021 no total de R$ 11,51 bilhões, montante 6,9% superior ao do mesmo período de 2020.

Quatro empresas do setor de papel e celulose também tiveram o segundo melhor resultado com R$ 10,7 bilhões. No segundo trimestre de 2020, o segmento registrou prejuízo de R$ 2,49 bilhões.

Segundo a Economatica, quase todos os setores tiveram melhora nos seus resultados do segundo trimestre de 2021. O setor de educação, porém, foi o único que registrou prejuízo, embora menor em relação ao mesmo intervalo do ano passado.

Queda de receita

Além disso, dos 24 setores analisados somente o setor de telecomunicações registrou queda de receita no segundo trimestre de 2021 com relação a 2020, fechando 2021 com R$ 17,3 bilhões, valor 8,2% inferior ao de 2020.

A Economatica apurou ainda que o lucro de 21 bancos no segundo trimestre foi de R$ 26 bilhões, o que representa crescimento de 89,3%. O setor de bancos é o setor mais lucrativo da bolsa, segundo a empresa de análise de dados.

O lucro de 306 empresas, levando em conta às ligadas ao segmento financeiro, foi de R$ 103,4 bilhões, montante 333,4% superior ao do ano de 2020.

Resultados acima das expectativas

Já o levantamento da XP Investimentos, que considerou as empresas do Ibovespa que reportaram resultados até o dia 12 de agosto – o correspondente a 83% – mostrou que 69% delas registraram Ebitda (lucro operacionais) em linha ou acima do que esperado; sendo que 54% superaram as expectativas, 15% foram em linha e 31% abaixo do previsto.

Já em relação à receita, 46% dos resultados ficaram acima do esperado pelos analistas da XP, 35% ficaram em linha e 19% vieram abaixo.

“Após dados econômicos mais negativos em março, fortemente afetados pelo agravamento da pandemia e consequente adoção de restrições mais rígidas de mobilidade, observamos uma recuperação firme dos principais indicadores de atividade. A reabertura econômica, em meio a avanços significativos na campanha de vacinação contra a covid-19, explicou, em grande parte, a recuperação melhor do que o originalmente esperado nos últimos meses”, informaram Fernando Ferreira e Jennie Li, estrategistas da XP.

Fonte: Economatica

Veja também

Operar pelo Home Broker do Nu invest está ainda mais rápido e com um novo visual. Comece agora!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!